Boa noite!           Sexta 23/08/2019   01:29
Receba nossos informativos: Nome: Email:
Home > Artigos > Boca e Dentes também sofrem os Reflexos da Obesidade Infantil
Boca e Dentes também sofrem os Reflexos da Obesidade Infantil
Alimentação rica em açúcar e carboidratos engorda e pode causar cáries.

03/06/2019 - 08:30 - A obesidade infantil afeta 1/5 da população entre 5 e 19 anos de idade. O excesso de peso pode levar as crianças a quadros de hipertensão, diabetes, doenças cardiovasculares e problemas bucais. O Dia da Conscientização contra a Obesidade Mórbida Infantil é celebrado 3 de junho, mas a prevenção tem que ser feita o ano inteiro.

O açúcar, quando consumido sem critérios, engorda e pode causar cáries. Segundo o cirurgião dentista do Instituto Rio, Márcio Marques, a mesma dieta que vai evitar a obesidade, também vai contribuir para dentes mais saudáveis.

“Vale lembrar que alimentos a base de amido, como os carboidratos, passam pelo processo de quebra de moléculas, e se tornam açúcar ainda na boca. O ideal é que a criança ou o adolescente acima do peso seja acompanhado por um nutricionista e faça consultas regulares ao dentista”, orienta o especialista.

A cárie é causada por bactérias que se desenvolvem em maior número a partir do acúmulo de açúcar na boca e, dependendo do que se come, há predominância de determinados patógenos (microorganismo que provocam doenças) na boca.

Márcio Marques alerta para os riscos do incentivo ao consumo de doces desde cedo. Segundo ele, o hábito costuma ser mantido ao longo da vida e a criança pode pagar um preço alto na fase adulta.

“A obesidade geralmente tem uma questão psicológica envolvida. Quando se fala de obesidade mórbida, isso costuma ser ainda mais forte. Crianças e pais podem precisar de acompanhamento psicológico”, ressalta o diretor do Instituto Rio.

Segundo a Pesquisa de Orçamento Familiar (POF) mais recente, realizada entre 2008 e 2009 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), uma em cada três crianças com idade entre 5 e 9 anos está com peso acima do recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e pelo Ministério da Saúde.

“A prevenção é sempre melhor, mas se seu filho já mostra uma tendência ou já está gordinho, procure tratamento agora para evitar as consequências do excesso de peso no futuro, que podem incluir até a perda dos dentes nos casos mais graves relacionados à saúde bucal”, orienta o dentista.

O Instituto Rio fica na Rua Marechal Deodoro, 119, salas 12 a 14, no Centro de Petrópolis. A clínica multidisciplinar também tem sede no município de Cabo Frio, na Av. Teixeira e Souza, nº 2.277, sobreloja, no Braga. Mais informações pelos telefones (24) 2231-0365 e (22) 2647-6242.
Programação dos filmes em cartaz