Boa noite!           Sexta 05/03/2021   00:47
Receba nossos informativos: Nome: Email:
Home > Transporte > Transporte Escolar: Cadastro deve ser Atualizado na CPTrans
Transporte Escolar: Cadastro deve ser Atualizado na CPTrans
Motoristas devem regularizar situação junto ao município antes do início do ano letivo

28/01/2019 - 15:55 - Às vésperas do início do ano letivo de 2019, a CPTrans alerta a necessidade de atualização na concessão que permite o transporte de vans, kombis e ônibus escolares para o primeiro semestre. A renovação é válida por seis meses e, desde o início do ano, apenas oito pessoas buscaram a companhia para realização do serviço – no segundo semestre no ano passado, foram emitidas 104 autorizações. Quem não tiver a autorização está passível de multa da Companhia, com fiscalizações que começam já em fevereiro para garantir a regularidade do serviço.

O calendário de fiscalização é realizado de acordo com a final da placa do veículo. Em janeiro devem ser vistoriados veículos cujas placas terminam com os números 1, 2 e 3. Esses veículos voltam a ser vistoriados, para o próximo semestre, em junho. Os veículos com placas com final 4, 5 e 6 devem fazer a vistoria em fevereiro em julho e as com final 7, 8, 9 e 0, serão em março e agosto.

“Esse recadastramento é importante para sabermos exatamente quem está carregando as nossas crianças e, consequentemente, impedir o transporte clandestino. A autorização, que deve ficar na frente do veículo, neste semestre tem a cor amarela. A orientação é que as pessoas façam a contratação de profissionais regularizados”, destaca o diretor-presidente da CPTrans, Jairo Cunha, lembrando que o local para execução da vistoria é a própria companhia, na Rua Alberto Torres, 115, Centro.

Para fazer a renovação é preciso que o proprietário do veículo compareça à companhia com a original e cópia da carteira de habilitação na categoria D; comprovante de residência; nada consta criminal, comprovante de inscrição de ISS; CRLV 2018 ou 2019 (de acordo com calendário de licenciamento DETRAN), além do próprio veículo que faz o transporte.

Esses veículos devem ter, no máximo, 15 anos nos casos de kombis e vans, e 20, no caso de ônibus e micro-ônibus. As taxas para renovação custam R$ 136 para veículos de até 18 lugares, e R$ 272,60 para veículos com mais de 18 acentos. Além disso, os automóveis também devem estar com a faixa amarela identificando que é ‘Escolar’, possuir o número de registro na CPTrans, além de todos os quesitos de segurança estarem em dias, bem como a documentação exigida.

Outras informações sobre o assunto podem ser obtidas pelo telefone: 2237-1703.

Confira algumas dicas na hora de contratar o transporte escolar:

Certifique-se se o transporte escolar possui o selo da CPTrans do ano vigente – renovado semestralmente e se o Cartão de Identificação do Condutor está em local visível no veículo;

Busque o máximo de informações sobre o motorista e se informe se, além do condutor, há outra pessoa no transporte que auxilie na segurança dos passageiros;

Procure saber se o motorista ou o auxiliar leva e busca os alunos até a porta da escola;

Verifique se o transporte escolar possui um cinto de segurança para cada passageiro;

Veja se o veículo que irá transportar seu filho está em bom estado de conservação e, caso seja uma Kombi, se possui a tela de proteção entre o último banco e a parte do motor.
Programação dos filmes em cartaz