Boa noite!           Sbado 22/06/2024   04:36
Receba nossos informativos: Nome: Email:
Home > Notícias > Prefeitura amplia Vacinação contra HPV para Meninos e Meninas de 09 a 19 Anos
Prefeitura amplia Vacinação contra HPV para Meninos e Meninas de 09 a 19 Anos
04/04/2024 - 18:09 - A Prefeitura, por meio da Divisão de Imunização da Secretaria de Saúde, está promovendo uma importante ampliação na campanha de vacinação contra o HPV (papilomavírus humano). Agora, meninos e meninas com idades entre 09 e 19 anos serão contemplados com a imunização em esquema de dose única. Anteriormente, a faixa etária para meninos e meninas era de 09 a 14 anos, em esquema de duas doses. A ampliação acontece a partir desta sexta-feira (05) e a vacina estará disponível nas 15 salas de imunização do município.

A decisão de ampliar a faixa etária foi embasada pela nova nota técnica divulgada pelo Ministério da Saúde, que ressalta a necessidade do "resgate de adolescentes até 19 anos não vacinados e inclusão das pessoas portadoras de papilomatose respiratória recorrente (PRR), como grupo prioritário da vacina HPV".

O prefeito Rubens Bomtempo destaca a importância dessa ampliação. "Receber a vacina contra o HPV na idade correta é essencial, uma vez que a produção de anticorpos é mais eficaz nesses anos de adolescência. Estamos empenhados em alcançar o máximo de jovens possível para garantir sua proteção".Estamos comprometidos em promover a saúde da população, e a ampliação da vacinação contra o HPV é uma medida fundamental para a prevenção de doenças graves. É um passo significativo na proteção da saúde dos nossos jovens".

O secretário de Saúde, Marcus Curvelo, ressalta que a vacinação contra o HPV é uma estratégia importante adotada por mais de 100 países em seus programas nacionais de vacinação, com resultados positivos na prevenção e redução das doenças ocasionadas pelo vírus. "Estamos alinhados com as diretrizes internacionais e comprometidos em oferecer o melhor cuidado possível para a nossa população", afirma Curvelo.

“O HPV é um vírus transmitido pelo contato direto com pele ou mucosas infectadas, principalmente por meio de relação sexual. Estima-se que no Brasil haja de 9 a 10 milhões de infectados, com 700 mil casos novos da infecção surgindo a cada ano. Porém, é importante destacar que a vacinação contra o HPV não substitui a realização do exame preventivo (papanicolau) para mulheres, nem o uso de preservativo nas relações sexuais”, destaca Thayene Varella, chefe da Divisão de Imunização.

Postos de Vacinação:

Centro De Saúde Coletiva
8h às 16h30 - terça, quinta e sexta;
8h às 19h30 - segunda e quarta;

UBS Alto Independência
8h30 às 16h30 - segunda a sexta;

UBS Morin
8h30 às 16h30 - segunda, quarta e sexta;
8h30 às 19:30 - terça e quinta;

UBS Quitandinha
8h30 às 19h - segunda a sexta;

Ambulatório Escola FMP/FASE
8h às 16h - segunda a sexta;

Centro de Saúde Itamarati
8h30 às 19h30 - segunda a sexta;

Ambulatório do Hospital Alcides Carneiro
8h30 às 16h30 segunda a sexta;

PSF Posse
8h às 16h - segunda a sexta;

UBS Mosela
8h30 às 19h - segunda, quarta e sexta
8h30 às 16h30 - terça e quinta

UBS Araras
7h30 às 15h30 - segunda a sexta;

UBS Itaipava
8h30 às 16h30 - segunda, quarta e sexta;
8h30 às 19h terça e quinta;

UBS Pedro do Rio
8h às 16h - segunda a sexta;

UBS Retiro
8h30 às 19h30 - segunda a sexta;

UBS Bairro da Glória
8h30 às 16h30 - segunda a sexta

UBS Vicenzo Rivetti
8h30 às 16h30 - segunda a sexta

Carla Cavalcante
Programação dos filmes em cartaz