Bom dia!           Segunda 15/04/2024   08:41
Receba nossos informativos: Nome: Email:
Home > Notícias > Petrópolis terá Segundo Dia D de Combate à Dengue
Petrópolis terá Segundo Dia D de Combate à Dengue
28/03/2024 - 11:38 - A Prefeitura está programando para o próximo dia 06 de abril (sábado) o segundo dia D de combate à dengue. O objetivo é conscientizar a população sobre a necessidade da participação de todos para a eliminação do mosquito Aedes aegypti. As ações do dia de mobilização estão sendo planejadas por meio do Comitê Municipal de Enfrentamento às Arboviroses.

Até a última quarta-feira (27/03), foram confirmados 1579 casos de dengue no município e dois óbitos neste ano. Outros dois óbitos seguem em análise em Petrópolis. Em todo o Estado do Rio, mais de 164 mil casos já foram registrados.

O Comitê Intersetorial de Enfrentamento às Arboviroses foi instituído pelo município em novembro de 2023. O objetivo do comitê é promover ações de mobilização conjuntas entre as secretarias de governo em prol da prevenção e controle das doenças.

“No dia 2 de março, fizemos uma grande mobilização levando orientação e também com vistorias em diferentes regiões do município. Estamos atuando de forma intersetorial para ampliar as ações de combate e eliminação dos criadouros, mas a população também precisa estar junta nesta luta”, disse o prefeito Rubens Bomtempo.

O comitê, formado por representantes de diferentes secretarias de governo, vem se reunindo semanalmente para o acompanhamento e planejamento das ações.

“Como a previsão era de picos de aumento dos casos para os meses de março e abril, estamos planejando mais uma edição do dia de mobilização. Mas é preciso que as pessoas se conscientizem que a participação precisa ser semanal, tirando 10 minutos do seu dia para vistoriar sua casa, quintal e arredores, e eliminar os possíveis criadouros do mosquito. Somente eliminando o vetor poderemos acabar com a dengue”, disse o secretário de Saúde, Marcus Curvelo.

Casos Suspeitos:
Os pacientes com suspeita de dengue devem se dirigir às unidades de emergência, como UPAS (Centro, Cascatinha e Itaipava), ou Pronto Socorro do Hospital Leônidas Sampaio.

10 minutos semanais:
O ciclo de vida do Aedes aegypti, do ovo até a fase adulta, leva entre 7 e 10 dias. Se a eliminação dos criadouros acontecer uma vez por semana, o ciclo é interrompido evitando o nascimento de novos mosquitos. Para isso:

Mantenha as caixas de água, galões, poços e outros depósitos de água bem fechados;
Mantenha as calhas limpas, as garrafas vazias e baldes virados de cabeça para baixo;
Mantenha as bandejas do ar condicionado e da geladeira limpas e sem água;
Piscinas sempre tratadas;
Plantas que acumulam água, como as bromélias, precisam ser secas;
Coloque areia nos pratinhos das plantas;
Elimine as poças de água;
O mosquito gosta de água parada e limpa! Fique atento.

Jussara Madeira
Programação dos filmes em cartaz