Boa tarde!           Quinta 03/12/2020   17:34
Receba nossos informativos: Nome: Email:
Home > Notícias > Prefeitura cria Grupo para Monitorar período de Transição das Charretes
Prefeitura cria Grupo para Monitorar período de Transição das Charretes
Decreto criando comissão especial de acompanhamento foi publicado no Diário Oficial desta terça-feira (12.02)

12/02/2020 - 18:43 - A prefeitura criou o Grupo Especial de Acompanhamento, Monitoramento, Adequação e Fiscalização (GEAAF) para o período de transição das vitórias por tração animal para as elétricas. O decreto assinado pelo prefeito Bernardo Rossi foi publicado no Diário Oficial desta terça-feira (12.02). Nele, o município determina um prazo de 12 meses para a implementação do novo serviço de transporte turístico. O grupo de trabalho será coordenado pela Turispetro.

Em dezembro do ano passado, a prefeitura autorizou o serviço de vitórias elétricas em substituição às charretes por tração animal. Na ocasião, o decreto definiu a “Vitória Elétrica” como carruagem de estilo vitoriano movida a motor elétrico. A empresa que apresentou este perfil de modal está autorizada a funcionar.

"Vamos acompanhar esse processo de transição para garantir que o serviço seja oferecido da melhor maneira para os petropolitanos e turistas. Desde o fim do ano passado, o serviço está autorizado e estamos aguardando a empresa conseguir atender a demanda e colocar o serviço em prática”, frisa o secretário da Turispreto, Marcelo Valente.

A decisão do executivo em substituir o modelo tradicional é inédita no país e entre os objetivos está o de estimular ainda mais o turismo. O fim do uso dos cavalos no transporte foi escolhido por 117 mil pessoas em um plesbicito realizado no ano passado. Após homologação do resultado do plebiscito pelo TSE, a prefeitura decretou a extinção da atividade em março deste ano.

“Petrópolis, mais uma vez, está saindo na frente. Como cidade turística, que tem no setor uma importante fonte de renda, termos um serviço como esse é muito importante, incentivando o setor. Atendemos o pedido da população, para o fim das charretes, mas o serviço vai continuar existindo. A cidade se tornou um exemplo para o país neste sentido”, destacou o prefeito Bernardo Rossi.

A comissão criada pela prefeitura com o objetivo de substituir as charretes com tração animal definiu que as vitórias elétricas serão autorizadas a funcionar no Centro, como eram os veículos antigos.

"O objetivo da comissão era substituir as charretes com tração animal. Dessa forma, respeitando a tradição cultural, histórica e turística, estamos regulamentando as vitórias elétricas para o funcionamento no Centro", explica o diretor-presidente da CPTrans, Jairo Cunha.

"Realizamos oito testes e vimos a possibilidade de fazer um trabalho mais amplo, não só para atender o espaço em frente ao Museu Imperial, mas também os distritos, por exemplo. Mas isso será em um segundo momento, após a implementação completa do serviço no Centro Histórico", completou Jairo.
Programação dos filmes em cartaz