Boa noite!           Terça 22/09/2020   20:37
Receba nossos informativos: Nome: Email:
Home > Meio Ambiente > Com nova empresa, Bomtempo diz que população vai voltar a confiar na coleta de lixo
Com nova empresa, Bomtempo diz que população vai voltar a confiar na coleta de lixo
21/01/2013 - 18:27 - O prefeito Rubens Bomtempo fez hoje (21/1) a primeira visita à sede da Locar Saneamento Ambiental, que acaba de assumir a coleta de lixo do município. Bomtempo se reuniu com os funcionários, conversou com a direção da empresa e conheceu a frota de veículos que desde sábado está sendo utilizada na limpeza da cidade. A previsão é que o serviço esteja normalizado num prazo máximo de 30 dias.

Construir uma relação transparente e mostrar que o respeito ao trabalhador deve estar acima de tudo, foram os principais objetivos do encontro. Bomtempo pediu o apoio dos trabalhadores para retomar a credibilidade e a confiança dos petropolitanos no serviço de coleta de lixo. "A população vai se habituar novamente a deixar o lixo somente nos dias e horários que o caminhão da coleta passar no seu bairro, retomando um hábito que se perdeu devido à irregularidade na prestação do serviço durante o governo anterior," disse Bomtempo aos trabalhadores.

Bomtempo lembrou que a empresa que atuou na cidade nos últimos anos não tinha qualquer tipo de compromisso com o povo petropolitano e tampouco com os funcionários, que eram desrespeitados. "A empresa não teve a preocupação em deixar uma marca positiva na cidade. Temos que reconstruir isso, mostrando que a bagunça e a falta de compromisso com a população acabaram".

O presidente da Comdep, Hélio Dias, também participou do encontro, que aconteceu às 7h da manhã na sede da empresa, na Rua Coronel Veiga. Ele agradeceu o empenho dos trabalhadores, que numa operação especial realizada no domingo, retiraram mais de 90 toneladas de lixo e entulho das ruas da cidade. Reafirmando o compromisso e respeito do Prefeito com os funcionários, Hélio Dias aproveitou para fazer algumas orientações e pedir o uso permanente dos equipamentos necessários para garantir a saúde e segurança do pessoal. O uso dos equipamentos, desde os mais simples, como os chapéus, está previsto na legislação, mas não era uma exigência da antiga empresa que atuava em Petrópolis.

O supervisor técnico da empresa Locar, Augusto Lima, disse que ao percorrer a cidade nos últimos dias constatou a falta de qualidade no serviço que vinha sendo prestado. "Pelo volume de lixo que encontramos, a impressão que temos é que o serviço estava praticamente abandonado. Agora estamos buscando regularizar a situação e nossa expectativa é conquistar a confiança da população num curto espaço de tempo",disse o supervisor, ao lado do gerente da empresa, Tiago Lima.

Diariamente, são coletadas 250 toneladas de lixo em 60 bairros do Município, somando mais de quatro mil ruas, vilas e servidões.

Programação dos filmes em cartaz