Bom dia!           Quinta 21/11/2019   10:25
Receba nossos informativos: Nome: Email:
Home > Caderno Cultura Netpetropolis > Conselho Municipal de Cultura Aprova Restauração de Acervo Público
Conselho Municipal de Cultura Aprova Restauração de Acervo Público
12/06/2012 -  Totalizando um investimento anual de 750 mil reais do Fundo Municipal de Cultura, o CMC--Conselho Municipal de Cultura acaba de aprovar mais uma proposta: a restauração e digitalização de mais de cem obras raras do acervo da Biblioteca Central Municipal Gabriela Mistral.

    Segundo o presidente do Conselho Municipal de Cultura  Leonardo Randolfo, “esta é mais uma ação em que o conselho coloca em prática as ferramentas disponíveis no Sistema Municipal de Cultura e de forma democrática, investindo em vários projetos culturais para a cidade” – afirma.

    Serão 106 obras raras restauradas e posteriormente digitalizadas. Ao final do processo, que será concluído somente no ano que vem, esse acervo será colocado à disposição do público pela internet. Para a gerente da Biblioteca, Maria Luíza Rocha Melo, “é da maior importância o restauro e a digitalização dessas obras, de relevância para a história da cidade e do país”—conclui.

     Com a aprovação da proposta pelo CMC, numa segunda etapa será elaborado o edital público que permitirá a seleção de profissionais abalizados para o trabalho. Além deste projeto de Restauração e Digitalização de Obras Raras do Acervo Histórico da Biblioteca, o Conselho de Cultura também aprovou investimento para o Ciclo de Leituras Dramatizadas, Cinema na Serra (oficinas populares de cinema com pequenas produções), e ainda Ciranda das Artes nas Comunidades e Caravana Cultural, projetos programados para acontecer ainda em 2012. Os projetos aprovados desde janeiro, como o Ciranda das Artes no Centro de Cultura (cursos variados para crianças, adultos e 3ª idade) e Som e Cristal (shows musicais no Palácio de Cristal), já estão acontecendo.

        Terceira maior do Estado do Rio, a Biblioteca Municipal recebe anualmente cerca de 50 mil leitores. Seu acervo reúne 150 mil volumes, incluindo livros em Braile, em Libras—Linguagem Brasileira de Sinais, CDs, DVDs, CD-Roms, fitas cassete e mapas. Petrópolis foi o primeiro município fluminense a criar um Arquivo Histórico, com documentos da colonização alemã de 1857 a 1978. A “Sala Petrópolis” cuida de periódicos raros datados de 1857 até os jornais atuais. Entre as obras raras que serão restauradas, estão  “Os Lusíadas”, famoso poema de Luiz de Camões traduzido do português para o francês e “Os Três Mosqueteiros”, de Alexandre Dumas, também em francês.
         
 
Programação dos filmes em cartaz