Bom dia!           Quinta 20/02/2020   08:57
Receba nossos informativos: Nome: Email:
Home > Meio Ambiente > Programa “Coleta Seletiva – O lixo é um luxo” premia escolas da Rede Municipal
Programa “Coleta Seletiva – O lixo é um luxo” premia escolas da Rede Municipal
23/03/2012 - 18:22 - Oito escolas da Rede Municipal de Ensino receberão, na próxima quarta-feira, 28, os prêmios do Programa “Coleta Seletiva – o lixo é um luxo”. Durante todo o ano de 2011, os alunos levaram exemplares de garrafas pet, poli e alumínio que seriam descartados nas residências para as escolas, onde os materiais foram separados e encaminhados para o programa de coleta seletiva da Companhia de Desenvolvimento de Petrópolis (Comdep). Ao todo, 66 instituições participaram do programa e, dessas, as oito que mais arrecadaram receberão, além do pagamento pela quantidade de material recolhido, cheques que variam entre R$ 1 mil e R$ 8 mil.

A premiação é uma iniciativa da Secretaria de Educação em parceria com a Comdep e vai ocorrer às 9h15, na sala de cinema do Centro de Cultura Raul de Leoni. A novidade deste ano é que, além da premiação da Secretaria de Educação e do pagamento por quilo de material recolhido, a Comdep vai premiar as oito escolas campeãs com um parquinho completo.

“Esse trabalho de conscientização das crianças ajuda não só na preservação Meio Ambiente como no desenvolvimento sustentável da cidade e na aproximação entre os pais e a escola. O local de estudos vira um ponto de apoio para a coleta. A Secretaria de Educação sempre apoiou e continuará dando suporte para as atividades educacionais que promovem ações em beneficio do Meio Ambiente”, afirmou a secretária de Educação, Cláudia Quintanilha.

Os prêmios serão revertidos em brindes para os alunos. “Cada escola decide o que vai fazer com a verba conquistada. O mais importante de tudo é que a promoção da educação ambiental sempre é revertida em melhorias para a cidade como um todo. Com a coleta, o lixo deixa de ser depositado nas encostas e rios, ou seja, a melhora na qualidade de vida beneficia a todos”, disse Esmeralda Collares, Coordenadora Geral de Educação Ambiental da Secretaria de Educação.

Para o presidente da Comdep, Anderson Juliano, o programa é uma oportunidade de educar os alunos quanto à importância da reciclagem para a diminuição da poluição e a preservação dos recursos naturais. “Este é um trabalho que fazemos semanalmente nas escolas. Recolhemos o lixo reciclável levado pelos alunos, que é pesado e vendido. No fim do programa, a escola é remunerada e todos saem ganhando”, explicou.

A lista com o nome das oito primeiras colocadas será revelado no momento da premiação. 

A reciclagem começa em casa

O programa Coleta Seletiva “Porta a Porta”, lançado há quase dois anos pela Comdep, já atende os bairros Valparaíso, Morin, Bingen, Mosela e Alto da Serra.

O lixo diferenciado das residências é encaminhado para Centros de Inclusão Social (cooperativas), onde o material é reciclado e transformado em artesanato e produtos variados, possibilitando o reaproveitamento do material que antes era destinado ao aterro sanitário. De acordo com a Comdep, cerca de 85% do lixo doméstico pode ser reciclado e a expectativa é reduzir em até 30% o volume de lixo gerado no município.

O projeto Coleta Seletiva conta com um caminhão para o recolhimento do material, além de funcionários que coletam o lixo reciclável e realizam a entrega das sacolas para reciclagem aos moradores.

A Coleta Seletiva Porta a Porta também incentiva os moradores a descartarem o óleo de fritura de forma correta. A medida visa evitar que dêem à substância o destino que geralmente tem: o esgoto. Cada litro de óleo pode contaminar 1 milhão de litros de água, prejudicando sua oxigenação e tornando-a imprópria para consumo. O descarte no solo ou o armazenamento incorreto pode provocar enchentes, entupimento, mau cheiro e servir de fonte de alimento para insetos e roedores.

A secretaria de Educação, Claudia Quintanilha, salientou que há 15 anos os Centros de Educação infantil, eram espaços assistencialistas e que a realidade mudou muito. Ela também pontuou que “em 2008 eram 4.700 alunos matriculados. Hoje são 7.600 alunos na rede de educação infantil. È uma grande emoção e temos um grande comprometimento com a educação. O governo do prefeito Paulo Mustrangi está focado em oferecer a população uma educação de ponta”.
 
O presidente da Associação de Moradores do Morin, Marcell de Souza, agradeceu ao prefeito e afirmou que “a creche do Morin é uma das melhores do Estado. Essa conquista é para nossas crianças e este espaço vai oferecer um ensino de qualidade”.
 
A diretora do CEI, Monica Achão, disse que “com a força do amor e o sentimento de alegria de estarmos todos juntos, os futuros alunos terão um espaço digno e de qualidade. Aqui sempre haverá espaço para todos vocês”.   
 
Os vereadores Renato Thomé, João Tobias, Gil Magno; além de secretários municipais, autoridades civis e militares, diretores de associações e representantes comunitários também participaram do evento. 


Ascom - Prefeitura de Petrópolis

Programação dos filmes em cartaz