Boa tarde!           Quinta 12/12/2019   12:01
Receba nossos informativos: Nome: Email:
Home > Caderno Cultura Netpetropolis > Dia do Ferroviário 2011
Dia do Ferroviário 2011

Texto: Luiz Veiga 

1.   INTRODUÇÃO

O ferroviário, isto é, o trabalhador das estradas de ferro, também têm o seu dia, 30 de abril. Por quê? Porque em 30 de abril de 1854 inaugurou-se a primeira linha ferroviária do Brasil, em uma viagem que contou com a ilustre presença do Imperador D.Pedro II e da Imperatriz Tereza Cristina.

A Estrada de Ferro Petrópolis, que tinha 14 km de trilhos, ligava o Rio de Janeiro à Raiz da Serra, na direção da cidade que batizou a ferrovia. Ela foi um empreendimento do empresário Irineu Evangelista de Sousa que, por isso, recebeu do governo imperial, o título de Barão de Mauá.

Irineu Evangelista de Sousa, também recebeu o título de Visconde Mauá como reconhecimento pelo lançamento de um cabo telegráfico submarino entre a Europa e o Brasil.

A trajetória do Visconde de Mauá elucida um momento crucial da História brasileira, quando começa a se firmar a transição de um meio escravocrata, rural e monárquico para uma sociedade moderna, republicana e industrial, baseada no trabalhador assalariado.

O evento que preparamos pretende dar uma pequena visão dessa vibrante trajetória de vida.

 2.   OBJETIVO

 No dia 23 de outubro de 2008, a AFPF (Associação Fluminense de Preservação Ferroviária), criada em 1999, fundou o Núcleo Regional / Petrópolis com o objetivo principal de acompanhar os trabalhos do projeto de reativação do ramal ferroviário da Serra da Estrela, de Vila Inhomirim (Raíz da Serra), até o Alto da Serra (Petrópolis).

Esse grupo, composto por ex-ferroviários e ferroviaristas, vem trabalhando para a consolidação do desenvolvimento turístico do Município e, o resgate da Memória Nacional, que manterá viva a história da Cidade Imperial, cujo desenvolvimento perpetuou-se através da Primeira Ferrovia do Brasil, um verdadeiro Patrimônio Nacional.

A AFPF e o Centro Cultural Estação Nogueira, unem-se mais uma vez para homenagear uma  figura extraordinária – o grande empresário do século XIX, que chegou a possuir 17 (dezessete) empresas e cuja história se confunde com a do próprio nascimento de um país chamado Brasil.

 3.   LOCAL E PROGRAMAÇÃO

 O evento será realizado no dia 30 de abril de 2011, sábado, das 09 às 20 horas, no Centro Cultural Estação de Nogueira, à Av. Leopoldina 317, Nogueira, obedecendo à seguinte programação:

 09 HORAS – INAUGURAÇÃO DA EXPOSIÇÃO DO BARÃO DE MAUÁ

·         Documentos

·         Fotos

·         Painéis

·         Espaço Barão de Mauá

17 horas  - Palestra: “A Reativação da Estrada de Ferro Príncipe do Grão Pará”

Palestrante: José Luiz D’Amico, médico, dirigente da Casa de Itália Anita Garibaldi, membro do GT-TREM / COMTUR

Sinopse: Um relato do projeto que pretende trazer o trem de volta a cidade de Petrópolis, com a reconstrução de 6 km da antiga E.F. Príncipe do Grão Pará, entre a Raiz da Serra  e o alto da Serra. As etapas vencidas, os obstáculos a serem enfrentados, as expectativas e a atuação do GT TREm/COMTUR

 17h30m – CAFÉ COM O BARÃO

Um coffee-break  será oferecido aos presentes  pelo “Barão de Mauá”. (Lúcio Ricardo, usando uma indumentária de época, recepcionará os convidados).

18 horas  - Palestra: Uma Viagem Imperial – Venha a Petrópolis Como Fazia o Imperador.

Palestrante: Luiz Brito Filho – Assessor da Presidência da TURISRIO e Comendador e Conselheiro da Sociedade Memorial Visconde de Mauá.

Sinopse: Uma interessante visão da vida de Irineu Evangelista de Sousa, apresentando fatos poucos conhecidos da trajetória desse extraordinário empresário do século XIX, um visionário para a sua época.

 A  exposição do Barão de Mauá ficará aberta a visitação até o dia 8 de maio (domingo).

 No dia 05 de maio, 5ª feira, haverá a exibição do filme Mauá – O Imperador e o Rei – às 14 horas para as escolas do bairro, seguida de debate com os presentes.

 A plataforma da estação será decorada com manequins, usando vestidos de época, malas, relógio, sino, banco, de modo a lembrar o movimento de uma estação ferroviária na primeira metade do século XX.

 4.   INFORMAÇÕES

 Para maiores informações:
Centro Cultural Estação Nogueira.
João Sérgio Jr.
E-mail: nogueiracultural02@gmail.com
Tel.:  (24) 2237-3860

Programação dos filmes em cartaz