Boa tarde!           Quinta 12/12/2019   12:37
Receba nossos informativos: Nome: Email:
Home > Caderno Cultura Netpetropolis > Declaração de Amor à Itaipava
Declaração de Amor à Itaipava

PRECISO DE VOCÊ

Leila Sá Peixoto

 Quando você me conheceu eu era linda, colorida, feliz e segura. E por isso você me quis. Embalei tantas noites suas com seu amor nos braços, quem sabe um amor nascido aqui.

Você fugia para mim quando o sol da sua cidade fustigava seu rosto ou quando só queria dormir em paz depois de um bom vinho e um excelente jazz.

Você caminhou pelos meus parques respirando o melhor ar do planeta escutand o meus passarinhos e sentindo o perfume de minhas matas em flor.

Meu Deus, como isso me deixava feliz! Aqui comigo você fez grandes amigos, criou bons filhos, apreciou meus “chefs” que, sem modéstia, maravilhosos!

Meus restaurantes sempre quentes e aconchegantes onde rolava boas conversas até a hora do seu sono chegar, quando a madrugada te reconduzia, sem medo das ruas, à sua cama gostosa, em frente ao crepitar da lareira.

Você amou subir a serr a para ser feliz. Sempre para ser cada dia mais feliz. E eu fui sua, completa e entregue, docemente ensolarada para não sufocá-lo de calor, suavemente fria para que você tivesse pretextos para mais abraços e pés quentinhos até o amanhecer.

Fui toda, inteiramente sua, sempre, sem nada exigir ou pedir. Eu simplesmente amava ver você chegar, ver você ficar comigo. Me sentia querida por você, amada...completa.

Agora eu só te peço que não me aba ndone. Fui mortalmente ferida e estou muito, muito despedaçada. Porém, venha, não há nenhum perigo em minhas ruas, avenidas, em minhas lojas, bares ou restaurantes, pelo contrário, continuam aqui, ainda tenho música, tenho arte, tenho amigos esperando por você, mesmo que com meio sorriso porque ainda dói. Muito. Mais do que nunca preciso do seu conforto, preciso de você!

Não me abandone, eu te peço... Preciso da sua presença, do seu a poio e do seu amor pra voltar a viver.

Preciso do seu abraço, de você nas minhas ruas, nos meus parques, nas minhas noites e manhãs para que eu não me sinta só, abandonada, sem forças para renascer.

Estou sendo cuidada com uma dedicação e um amor que pensei jamais existir tão grande nessa vida! Só me falta você... Então venha me ver, suba a serra com a mesma saudade de sempre, venha ficar comigo, me deixa sentir sua presença, sua aleg ria, sempre, sempre que você puder, para que eu possa voltar a sorrir outra vez.

Assim seremos, mais uma vez, você e eu. Continuando nossa história de vida, de alegrias, nossa eterna história de amor.

Não me abandone. Eu te prometo, vou voltar a ser linda, feliz e outra vez o cenário mais colorido e encantado que já existiu em nossa serra! Então, por favor, não me abandone...

Todo o meu amor,

Sua sempre, Itaipava

Programação dos filmes em cartaz