Bom dia!           Segunda 15/04/2024   08:48
Receba nossos informativos: Nome: Email:
Home > Saúde > Estácio Petrópolis promove Trote Solidário com Arrecadação de Chocolate para a Páscoa e Participação na Campanha Nacional de Doação de Sangue
Estácio Petrópolis promove Trote Solidário com Arrecadação de Chocolate para a Páscoa e Participação na Campanha Nacional de Doação de Sangue
A Estácio promove neste mês duas ações de Trote Solidário, visando integrar veteranos e calouros em uma nova etapa de estudos.

27/03/2024 - 19:17 - O campus de Petrópolis engaja-se em duas iniciativas: a Páscoa Solidária, que consiste na arrecadação local de caixas de BIS para doação ao Projeto ALOHA, que irá distribuir nos bairros carentes de Petrópolis e se possível em alguma instituição. As doações podem ser feitas por alunos e pela comunidade em geral na Gerência Acadêmica da universidade, localizada na Rua Bingen, nº 50, no Bingen, no horário de 9h às 21h.

A segunda ação, denominada Trote Solidário Estudante Sangue Bom, integra a campanha nacional da Estácio em parceria com o HEMOCIONE para a doação de sangue. A campanha permanecerá ativa até o dia 31 de março, oferecendo aos participantes 10 horas AAC. As doações podem ser realizadas no Banco de Sangue do Hospital Santa Teresa.

“O Trote Solidário desempenha um papel crucial na promoção da saúde e no apoio à comunidade. A colaboração dos estudantes nesse tipo de iniciativa não apenas sensibiliza sobre a importância da doação de sangue, mas também fornece um suprimento vital para atender às necessidades de pacientes em hospitais. Especificamente, ao direcionar esses esforços para os bancos de sangue, os estudantes não apenas contribuem para garantir que haja um suprimento adequado de sangue para emergências locais, mas também fortalecem o sentido de solidariedade e responsabilidade social dentro do campus”, pontuou a gestora da unidade, Patrícia Bach.

Atualmente o Aloha tem duas mil famílias cadastradas e ajuda algumas instituições na cidade, atendendo 45 bairros. O projeto atua na entrega de alimentos, além de promover diversas ações sociais de rua em geral e ações voltadas para as crianças. Agora eles também tem uma nova esfera básica educacional  dentro da comunidade Duarte da Silveira.

Sobre o Projeto Aloha

O projeto Aloha foi criado em 22 de março de 2021, em um período conturbado pela pandemia da Covid-19, que produziu repercussões não apenas de ordem biomédica e epidemiológica em escala global, mas também repercussões e impactos sociais, econômicos, políticos, culturais e históricos sem precedentes na história recente das epidemias. E diante de todo esse cenário de caos, a estudante de direito Beatrice Nuñez, que na época era gerente geral de um restaurante situado na cidade de Petrópolis, pôde acompanhar de perto a necessidade das pessoas por alimentos e o aumento do desemprego se alastrando. Foi então que ela teve a iniciativa de criar o Projeto Aloha, que está fazendo um belo trabalho na cidade.

Trote Solidário Estudante Sangue Bom

Em parceria com o HEMOCIONE e diversas instituições de ensino superior no país, ação pretende contribuir para o acréscimo no número de doações de sangue

Milhares de universitários em todo o país terão a oportunidade de contribuir para a campanha Estudante Sangue Bom, iniciativa do HEMOCIONE, organização não governamental que promove eventos de coleta de sangue, que recebe, durante todo o mês de março, o apoio do Instituto Yduqs e de suas organizações de ensino parceiras. Além de contribuir para a formação de uma nova geração de doadores, a expectativa é de possibilitar que milhares de pessoas sejam beneficiadas.

“Temos o objetivo de promover uma formação cidadã incentivando a participação de estudantes universitários em ações de responsabilidade social. Para o Instituto Yduqs é gratificante realizar, junto ao HEMOCIONE e às instituições de ensino parceiras, uma iniciativa capaz de contribuir para salvar a vida de milhares de pessoas!”, comemora Cláudia Romano, presidente do Instituto Yduqs e vice-presidente do grupo educacional Yduqs.

No Brasil, apenas 1,6% da população é doadora de sangue a cada ano. Este percentual é referente a cerca de metade do número necessário de doadores, para suprir a necessidade de sangue no país, durante o ano. Para contribuir com a promoção do hábito da doação de sangue no Brasil, o Instituto Yduqs mobilizou suas instituições de ensino parceiras para a realização de um trote solidário em adesão à campanha de doação de sangue.

Participam do Trote Solidário do Instituto Yduqs, em alusão à campanha Estudante Sangue Bom, dezenas de campi das instituições de ensino: Estácio, Ibmec, IDOMED e Wyden.

Como Doar

Para efetuar a sua doação basta ir até o Banco de Sangue do Hospital Santa Teresa, localizado na Rua Doutor Paulo Hervé, 1130 - Bingen. Vale destacar que, quem doa sangue não corre risco de contaminação, pois o material é totalmente descartável; não se deve estar em jejum para doar sangue; doar sangue não vicia, não engorda e não emagrece e quem doa sangue uma vez não é obrigado a doar sempre.

Para realizar a doação de sangue é necessário apresentar um documento de identidade oficial com foto; ter entre 16 e 69 anos; evitar alimentos gordurosos nas quatro horas que antecedem a doação e bebidas alcoólicas nas 12 horas; pesar mais de 50 kg; as mulheres doadoras não devem estar grávidas ou amamentando. Os intervalos mínimos entre as doações são: homens - dois meses, sendo no máximo quatro doações/ano e mulheres - três meses, sendo no máximo três doações/ano.

Para doações no banco de sangue: Após a doação, o aluno deve solicitar o comprovante de doação e enviar no link (QRCODE) que está na arte para o lançamento das horas AAC

Maryanne Garcia
Programação dos filmes em cartaz