Boa noite!           Quarta 18/05/2022   19:32
Receba nossos informativos: Nome: Email:
Home > Livros > Como o Livro Didático auxilia no Desenvolvimento do Aluno?
Como o Livro Didático auxilia no Desenvolvimento do Aluno?
Especialistas do Unilasalle-RJ explicam a importância do livro na prática pedagógica

18/02/2021 - 15:48 - Apesar de não ser o único método, o livro didático continua sendo o principal recurso utilizado nas práticas pedagógicas, principalmente na Educação Básica. Devido à importância na formação educacional de estudantes em todo o país, é celebrado em 27 de fevereiro o Dia do Livro Didático.

Para Marcelo Mocarzel e Simone Garrido, professores dos cursos de História e Pedagogia do Unilasalle-RJ, “o acesso a este material é um direito do aluno, sendo garantido pela legislação e outros decretos, portarias e resoluções do Ministério da Educação (MEC). O Programa Nacional do Livro Didático (PNLD) tem suas origens no final da década de 1930, sendo criado na Comissão Nacional do Livro Didático. Ao longo de mais de 90 anos, o programa vem garantindo a avaliação qualitativa das obras e a distribuição gratuita para as escolas públicas, nos quatro cantos do país. Isso torna o Estado brasileiro o maior comprador de livros do mundo”, afirmam.

A coordenadora das licenciaturas, professora Cecilia Guimarães, explica que o livro auxilia na prática pedagógica diária, podendo ser utilizado no planejamento das aulas e como material de estudo para os alunos. “Com as novas ferramentas tecnológicas, muitos livros didáticos estão sendo disponibilizados nas plataformas online, agregando outras ferramentas, tais como vídeos e jogos didáticos. Contudo, como nem todos têm acesso a esses recursos, a versão impressa dos livros continua sendo amplamente difundida e utilizada”.

Apesar do livro ser relevante, Cecilia explica que não deve ser o único recurso. “O livro didático é um importante instrumento de ensino, auxiliando o docente na condução do processo de ensino e aprendizagem, o que contribui para o desenvolvimento do aluno. Cabe frisar, no entanto, que este material não deve ser um limitador da ação pedagógica. É preciso que a escola e o professor também tenham liberdade para criar atividades e incluir outras temáticas que possam tornar a aula mais completa e atrativa para os estudantes”, conclui.

Priscilla Poubel
Programação dos filmes em cartaz