Boa tarde!           Terça 30/11/2021   12:44
Receba nossos informativos: Nome: Email:
Home > Saúde > Saúde dos Idosos será debatida na Câmara Municipal - dia 23/10 ás 10h
Saúde dos Idosos será debatida na Câmara Municipal - dia 23/10 ás 10h
21/10/2019 - 18:07 - Na próxima quarta-feira, dia 23 de outubro, às 10h, a Câmara Municipal vai realizar uma Audiência Pública com o tema “A Política de Saúde do Idoso”. A iniciativa do evento é do vereador Silmar Fortes (MDB), presidente da Comissão em Defesa da Saúde.

Segundo a legislação vigente no país é considerada idosa a pessoa com 60 anos ou mais de idade. Hoje, os idosos representam 9,2% da população brasileira e a tendência é de que, até 2034, o percentual possa chegar a 15%.

Silmar Fortes falou sobre a motivação para a realização da audiência “Além de marcar o dia do idoso, comemorado em primeiro de outubro, o objetivo do encontro é discutir as políticas públicas voltadas para essa população, com os profissionais que atuam diariamente com os idosos, entidades e a sociedade”.

Dados do IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística assinalam que a expectativa de vida no país tem aumentado para ambos os sexos, com média de 80 anos para as mulheres e 73 para os homens.

A encarregada da Área Técnica do idoso da Secretaria de Saúde e geriatra, Dra. Rita Cássia Ravaglia Campos, falou sobre a complexidade e a importância da discussão sobre as políticas públicas voltadas para um envelhecimento saudável.

“O conceito de saúde, nessa faixa etária, é abrangente e não se restringe a presença ou ausência de doença sendo estimada pelo nível de independência, visto por meio de avaliação multidimensional por uma equipe multidisciplinar. Ao longo da vida todos passamos por mudanças que exigem novas atitudes. O quarteto dieta adequada, atividade física, lazer e afeto, faz sucesso em qualquer fase da vida, principalmente no envelhecimento. A SMS propõe como estratégia o estabelecimento de “percursos assistenciais”, organizando o fluxo de indivíduos de acordo com seu grau de fragilidade, atendendo a diretriz do SUS que trata da equidade”.

Entre seus direitos o idoso tem assegurado, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS), o acesso igualitário de ações e serviços para prevenção, promoção, proteção e recuperação da saúde, inclusive a atenção especial às doenças que mais os afetam e o direito a acompanhante em caso de internação.

Em toda a região serrana, Petrópolis é o município que conta com o maior número de idosos. Hoje são 44 mil pessoas com idade acima dos 60 anos vivendo no município.

“Na audiência vamos tratar não somente das diretrizes para um envelhecimento saudável e produtivo, mas abordar também outros aspectos que garantam uma vida digna. Precisamos de políticas que possam se adequar a essa realidade do município, pois temos uma parcela numerosa de nossa população que precisa de cuidados e ações em várias vertentes. Devemos cuidar do bem-estar, do acesso à saúde, promover atividades físicas, identificar situações de vulnerabilidade social, de violência, prevenção precoce de processos demenciais, entre outras questões. Vamos fazer o diálogo, propor e interagir no coletivo”.

O vereador finalizou lembrando que a audiência é aberta a toda a população. “Aproveito para convidar a todos, em especial os idosos, para que possam estar presentes na Casa Legislativa e assim trazer suas questões, os problemas que enfrentam no dia a dia, para que busquemos soluções e caminhos que apontem para um envelhecimento cada vez mais sadio em nosso município”.
Programação dos filmes em cartaz