Boa noite!           Quinta 17/10/2019   00:26
Receba nossos informativos: Nome: Email:
Home > Exposições > Exposição Mulheres do CRAS é Aberta com a Presença das Artistas
Exposição Mulheres do CRAS é Aberta com a Presença das Artistas
13/03/2019 - 16:35 - “Aprendo muita coisa nas atividades do CRAS, me sinto muito bem lá. Aprendi a fazer crochê, enfeites de Natal entre outros artesanatos. As meninas me acolhem, são muito simpáticas. Sem falar nas amizades que a gente faz durante os encontros. Conversamos muito. Para mim foi ótimo para espairecer minha cabeça e sair um pouco de casa”, relatou Sandra Gonçalves que frequenta o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), no Centro, duas vezes por semana. Sandra é uma das expositoras da mostra “Mulheres do CRAS” que foi inaugurada nesta quarta-feira (13.03), na Sala das Comissões, da Câmara Municipal. A visitação é aberta ao público, até sexta-feira (15.03) das 9h às 17h.

A exposição é uma realização da Secretaria de Assistência Social em comemoração ao Dia Internacional da Mulher. Cerca de 200 mulheres assistidas pelos oito CRAS, estão expondo seus trabalhos artesanais feitos durante o trabalho do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos. Só no primeiro dia, mais de 70 pessoas visitaram a exposição, entre elas, as mulheres assistidas do Retiro e do Centro da cidade.

“O Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos é uma iniciativa, voltada para as mulheres que estejam em risco social e procuram por orientações. A finalidade é integrar socialmente essas mulheres que estão passando por situação de depressão, ou tenham sofrido algum tipo de violência e não estejam conseguindo se reintegrar”, frisou a secretária de Assistência Social, Denise Quintella.

As atividades realizadas pelo CRAS são desenvolvidas de acordo com a demanda de cada grupo assistido. Com a finalidade da inclusão social, são oferecidas oficinas, bate-papo, dança, artesanato, pintura entre outras. Toda mulher de qualquer idade pode participar. Os Centros atendem também à idosos e crianças.

“Muitas mulheres estão em casa com depressão, desanimadas, sem vitalidade. As atividades do CRAS são uma motivação para que elas saem de casa, se sintam prestativas e acolhidas, além da troca de experiências que elas trocam entre elas durante os encontros. O resultado sempre é muito positivo e elas conseguem sair desse ambiente e retomam a vida com mais alegria”, finalizou a pedagoga do CRAS Corrêas, Bétissa Vianna.
Programação dos filmes em cartaz