Boa tarde!           Domingo 28/11/2021   17:34
Receba nossos informativos: Nome: Email:
Home > Saúde > CapsADIII volta ao Carnaval do Rio com mensagem de Prevenção ao Uso de Drogas
CapsADIII volta ao Carnaval do Rio com mensagem de Prevenção ao Uso de Drogas
Pacientes participam pelo segundo ano do bloco Alegria Sem Ressaca

16/02/2019 - 07:19 - Os pacientes e profissionais do Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas (CapsAD III) já estão no clima do Carnaval. Neste domingo (17.02) eles vão compor o bloco Alegria Sem Ressaca com a ala chamada #Diversãosemagressão. A concentração será às 16h, na Orla de Copacabana, e cerca de 30 integrantes de Petrópolis vão descer a Serra para participar do desfile.  Esse é o segundo ano que a Secretaria de Saúde leva os pacientes assistidos pelo CapsAD para participarem do movimento que visa conscientizar sobre os danos do uso de bebida alcoólica.

O bloco Alegria Sem Ressaca foi criado há 16 anos pelo psiquiatra especialista em dependência química Jorge Jaber, presidente da Associação Brasileira de Alcoolismo e Drogas (Abrad). A iniciativa tem o intuito de promover a prevenção ao abuso do uso de álcool e outras drogas. A principal mensagem do bloco é mostrar que não é preciso beber para se divertir. A ala #Diversãosemagressão formada pelos pacientes de Petrópolis foi criada pela coordenadora do CapsAD III, Leandra Iglesias, também presidente do Conselho Municipal de Políticas de Drogas.

“É um orgulho muito grande ver que o nosso município tem representação, por meio de um projeto consistente, nesse movimento voltado para a prevenção do uso de drogas”, destaca o prefeito Bernardo Rossi. A cada ano o bloco é apadrinhado por uma celebridade.  Este ano o bloco tem a cantora Elza Soares como madrinha e quem garante o samba é a Velha Guarda Musical da Vila Isabel.

Para a secretária de Saúde, Fabiola Heck, é uma alegria ver os pacientes participando ativamente da iniciativa e disseminando a mensagem de prevenção ao uso de drogas. “É mais um incentivo para os pacientes, que são peças multiplicadoras do trabalho desenvolvido”, destaca a secretária.

A paciente Ana Paula Câmara da Fonseca de Castro, 48 anos, está indo pela primeira vez e animação é o que não falta. Sendo acompanhada desde 2011 pelos profissionais do CapsAD III, ela comemora ter conseguido abandonar o consumo de bebida alcoólica e poder participar do movimento para conscientizar outras pessoas. “É muito importante poder mostrar para as pessoas que há solução. Eu não bebo mais e consigo me divertir sem usar drogas. Quero levar essa mensagem de que a vida é muito boa longe das drogas. Estou muito empolgada”, conta a paciente.

Para a coordenadora do CapsAD III, Leandra Iglesias, o relato de Ana Paula representa o que todos os envolvido, pacientes e profissionais, querem transmitir. A criação da ala #Diversãosemagressão visa chamar atenção para o fato de que o uso de drogas é responsável pelos altos índices de violência, acidentes e internações hospitalares que ocorrem durante o período do carnaval. “Vamos mais uma vez participar do movimento que é de grande importância para alertar a população de que diversão e brincadeira não estão associadas ao uso de substâncias químicas”, reforça Leandra.
Programação dos filmes em cartaz