Boa tarde!           Sbado 25/06/2022   17:33
Receba nossos informativos: Nome: Email:
Home > Teatro > Scena Serrana levou mais 600 Pessoas para Espetáculos
Scena Serrana levou mais 600 Pessoas para Espetáculos
12/11/2018 - 18:01 - O festival de teatro Scena Serrana, que foi resgatado pelo Instituto Municipal de Cultura e Esportes (IMCE) em parceria com o segmento de teatro da cidade, levou mais de 600 pessoas para os espetáculos, performances e oficinas que aconteceram de 08 a 11 de novembro, no Centro de Cultura Raul de Leoni e no Theatro D. Pedro. O evento teve a participação de quase 80 artistas.

“Estamos muito felizes com o sucesso desse projeto, que tinha ficado de lado por anos. Nossa intenção é valorizar nossos artistas e fomentar a cultura em Petrópolis”, destaca o prefeito Bernardo Rossi. A programação do festival contou com espetáculos infantis, adultos, performances e oficinas gratuitas com Luiz A. Rocha. Apesar da cobrança de ingressos em algumas atrações, elas tiveram preços populares.

“O clima todo do festival foi muito bacana. Atingimos os objetivos de público e de autoestima dos artistas. Por isso, o segmento já está projetando a edição de 2019, maior e mais representativo, que com certeza iremos apoiar. Foi uma troca de experiências maravilhosa e um intercâmbio com artistas de outros locais”, explica o superintendente de Cultura do IMCE, Arthur Varella.

O Scena Serrana foi aberto com o monólogo “Urbana”, da atriz Glaucy Fragoso, e encerrado com o espetáculo “E-Existir”, da Cia Teatro Livro Aberto. Mas, ao longo da programação, entre os destaques estava a peça “Brimas”, com direção de Luiz Antônio Rocha; “O Velório”, do Grupo e Teatro da Melhor Idade, entre outros. Os espetáculos infantis também fizeram sucesso e contaram com a presença de alunos da rede municipal.

“O festival está sendo uma sementinha que foi plantada. A comissão toda e os artistas que participaram estão muito felizes”, explica a atriz Tatiana Mesquita, que fez parte da comissão organizadora, ao lado de Elisabeth Silveira, Pedro Fernandes, Márcia Ganen e Simone Gonçalves

“Temos procurado apoiar e investir nos diversos segmentos culturais do município. Já fizemos isso, por exemplo, na música, com os circuitos imperiais de corais e bandas marciais e agora fizemos com o teatro. Nossa intenção é fortalecer cada um dos segmentos”, frisa o diretor-presidente do IMCE, Leonardo Randolfo.

Criado no início da década de 1980, o Scena Serrana foi considerado um dos maiores movimentos teatrais da cidade. A programação contou com quase 20 atrações, entre peças, shows, exibições de filmes, entre outros. Para o segmento, o período dos anos 1980 até o início dos anos 1990 foi a melhor fase do teatro na cidade e o objetivo é se inspirar naquela época para continuar fortalecendo o atual festival.

Programação dos filmes em cartaz