Boa noite!           Sexta 21/02/2020   21:19
Receba nossos informativos: Nome: Email:
Home > Meio Ambiente > Comissão de Meio Ambiente vai discutir Água e Esgoto em Nova Friburgo - dia 24/08
Comissão de Meio Ambiente vai discutir Água e Esgoto em Nova Friburgo - dia 24/08
23/08/2018 - 18:45 - Problemas com o fornecimento de água e o tratamento de esgoto em Nova Friburgo e região serão temas de uma audiência pública realizada na cidade pela Comissão de Defesa do Meio Ambiente (CDMA) da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) nesta sexta-feira (24/08). Entre os assuntos a serem tratados estão indícios de cobrança indevida por parte da concessionária local pelo serviço de tratamento de esgoto, que não seria realizado em sua totalidade. De acordo com denúncias, do total do volume do serviço cobrado pela empresa, apenas 10% seriam efetivamente realizados.

Outro ponto a ser verificado é o tratamento irregular do chorume, que estaria provocando a contaminação dos corpos hídricos por metais pesados. Na ocasião, será discutida a situação da Política Estadual de Resíduos Sólidos na região, assim como a questão da reciclagem e destinação do lixo coletado. A crise hídrica também será debatida. De maneira preventiva, a CDMA quer verificar como a concessionária local está se preparando para a provável escassez de água prevista para os próximos meses.

“Vamos cobrar respostas objetivas e diretas da concessionária e contamos com a presença da população, de especialistas e das autoridades responsáveis, para que possamos também verificar como enfrentar as dificuldades encontradas”, afirma o deputado André Lazaroni (MDB), presidente da comissão.

O prefeito de Nova Friburgo, vereadores locais, a concessionária Águas de Nova Friburgo e órgãos como o Instituto Estadual do Ambiente (Inea), Ministério Público Estadual e a Companhia Estadual de Água e Esgoto (Cedae) foram convidados para a reunião, que acontece às 10h na Câmara Municipal de Nova Friburgo.

Relatório

A Comissão de Meio Ambiente tem realizado diversas vistorias e audiências públicas ao longo deste ano. Todas as informações coletadas nesses eventos servirão de base para a construção de um relatório a ser apresentado no dia 6 de setembro aos governos estadual e federal, com o intuito de discutir políticas públicas que possam auxiliar os municípios a cumprirem o que está previsto no Plano Nacional de Resíduos Sólidos.

“Precisamos auxiliar os municípios a cumprirem suas obrigações no que diz respeito a distribuição de água e tratamento de resíduos. É preciso entender o que acontece e buscar soluções em conjunto”, finaliza Lazaroni.
Programação dos filmes em cartaz