Boa tarde!           Terça 30/11/2021   12:46
Receba nossos informativos: Nome: Email:
Home > Saúde > Saúde da Mulher já promoveu mais de 6 Mil Mamografias em 2018
Saúde da Mulher já promoveu mais de 6 Mil Mamografias em 2018
Foram quase 6 mil preventivos coletados pela rede em quatro meses

29/07/2018 - 08:34 - Permitir assistência integral à saúde da Mulher. É com este objetivo que a Secretaria de Saúde tem ampliado o atendimento e realizado ainda mais exames, como a mamografia. De janeiro a junho deste ano, o município promoveu 6.036 mamografias. Só no Hospital Alcides Carneiro (HAC), foram realizados 2.849 procedimentos. A tendência é que o número deste ano ultrapasse o de 2017, quando foram feitos 8.988 exames em toda rede da Saúde.

“Assumimos o compromisso de reestruturar a rede em uma nova organização que proporcionasse uma melhoria na assistência da população. Com este objetivo, traçamos metas e otimizamos o serviço, por meio de orientações aos profissionais de saúde da atenção básica, entre médicos, enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem”, explica o secretário de Saúde, Silmar Fortes.

Em março, o município garantiu mais de R$ 1 milhão em repasses do Ministério da Saúde para a compra de um mamógrafo digital para o Hospital Alcides Carneiro. A aparelho está em processo de compra. A verba também prevê a compra de um equipamento de ultrassom diagnóstico para o Hospital Municipal Doutor Nelson de Sá Earp (HMNSE).

“Esta foi uma grande conquista para a população e que vai nos auxiliar muito na ampliação do serviço no município, reforçando a nossa referência na assistência à saúde da mulher”, completa Silmar.

Além das mamografias, a Secretaria de Saúde registrou quase 6 mil coletas de preventivo em toda a rede, só de janeiro a abril deste ano. Só nas unidades básicas de Saúde (UBS), foram 1,9 mil coletas. A Secretaria de Saúde registra também que 1.088 gestantes realizam, atualmente, o acompanhamento de pré-natal pelo Sistema Único de Saúde.

“Nossa preocupação é aumentar a divulgação da prevenção de doenças e o incentivo à procura dos postos para realização dos exames de rotina, como é o preventivo. Quanto maior o envolvimento das nossas equipes de saúde em proporcionar essa conscientização, melhor será a assistência à população”, afirma a superintendente de Atenção à Saúde, Fabiola Heck.

A conquista de mais um equipamento de mamógrafo para o HAC reforça a referência do município na assistência à saúde da mulher. Com o novo aparelho, o sistema passará a contar com cinco mamógrafos– três próprios e dois conveniados – em funcionamento na rede pública municipal.

Levantamento da Sociedade Brasileira de Mastologia, em parceria com a UFRJ, apontou a deficiência do Rio de Janeiro na prevenção ao câncer de mama com a falta de mamógrafos. Em 42 cidades no Estado não há mamógrafos na rede pública. Já em Petrópolis, Além do HAC, a prefeitura oferece o exame no Centro de Saúde Coletiva e por meio de convênio com o Instituto Petropolitano de Radiologia.

A costureira Carmem Gonçalves, de 54 anos, está realizando vários exames, com o objetivo de ter uma checagem geral. Ela faz o acompanhamento de saúde na UBS do Retiro e esteve, nesta semana, no Hospital Alcides Carneiro para fazer a mamografia. Ela conta que, mesmo sem sentir sintomas, preferiu prevenir.

“Muitas vezes, não sentimos nada, ou até não damos importância aos pequenos sinais, e não procuramos a orientação médica mais indicada. Conversei com meu marido e tiramos alguns dias para fazer o checkup. Sou sempre muito bem atendida na UBS e marquei facilmente a mamografia. Devemos estar sempre atentos com a nossa Saúde”, afirmou Carmem, que foi acompanhada pelo marido, José Francisco da Costa, de 44.
Programação dos filmes em cartaz