Boa noite!           Terça 30/11/2021   18:59
Receba nossos informativos: Nome: Email:
Home > Saúde > Petrópolis busca Liberação de Recursos para Leitos de UTI e Cuidados Intermediários no Ministério Saúde
Petrópolis busca Liberação de Recursos para Leitos de UTI e Cuidados Intermediários no Ministério Saúde
Ministro Gilberto Occhi recebeu o vice-prefeito Baninho, nesta quinta-feira (26.07)

27/07/2018 - 16:01 - O vice-prefeito Baninho e a superintendente de Planejamento e Apoio à Gestão da Secretaria de Saúde, Suzana Papoula, foram recebidos, nesta quinta-feira (26.07), pelo ministro da Saúde, Gilberto Occhi, em Brasília. No encontro, os representantes do município buscaram a liberação orçamentária para o custeio de 15 de unidades de Cuidado Intermediário e de dois leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) neonatal no Hospital Alcides Carneiro (HAC). Petrópolis tem 85 leitos de UTI entre adulto, pediátrica e neonatal e os novos leitos vão ajudar no atendimento a 220 mil moradores da cidade que hoje dependem do SUS.

“Este encontro foi de suma importância para tratarmos pontos que podem auxiliar na ampliação do atendimento de Saúde no município. Era um dos nossos objetivos na gestão a habilitação destes leitos e conseguimos alcançá-lo. Agora, buscamos a liberação orçamentária para que possamos receber os recursos, e estamos confiantes de que isso ocorrerá em breve”, conta Baninho.

O município conquistou, no início do ano, a habilitação de 10 leitos de Unidade de Cuidado Intermediário Convencional (UCINCO) e cinco de Unidade de Cuidado Intermediário Canguru (UCINCA), além dos dois leitos de UTI neonatal, todos no HAC. Juntos, as habilitações vão permitir mais de R$ 1,1 milhão em recursos federais para o município por ano.

“Fomos recebidos e recebemos um bom retorno de que nossas solicitações quanto aos recursos para as unidades habilitadas serão apreciadas pelo Governo Federal. Estamos esperançosos de que isso seja resolvido o mais breve e possamos receber estas verbas. Apresentamos outras demandas para a ampliação no atendimento e pedimos agilidade”, disse Suzana Papoula.

No ano passado, o município conseguiu mais de R$ 3,3 milhões em recursos de emendas parlamentares. A verba foi paga eestá sendo destinada para a compra de um mamógrafo digital, aparelho de ultrassonografia, tomógrafo, densitômetro, equipamentos de informática e itens para as unidades básicas de Saúde (UBS).

13 mil pacientes de fora da cidade e mais

44 mil que deixaram planos de saúde

Petrópolis está investindo cada vez mais na rede pública de saúde  frente ao aumento da demanda. Hoje, 220 mil moradores da cidade dependem do SUS, 44 mil deles que migraram de planos de saúde nos últimos três anos. O número ainda é engrossado por 13 mil pacientes de outras cidades que recorrem à urgência e emergência de Petrópolis.

Frente ao aumento da demanda, o município vem trabalhando também pela ampliação do número de leitos na rede pública.  Hoje são 85 leitos de UTI das quais 60 UTIs adulto, 10 pediátricas e neonatal e 15 unidades intermediárias neonatal. O orçamento da área de Saúde em 2018 é R$ 29 milhões maior do que o destinado a área em 2017 e soma R$ 300 milhões. A verba prevista corresponde a 33% do orçamento – mais do que o dobro do que prevê a Constituição, em 15%. A Saúde contará ainda com R$ 5 milhões em emendas parlamentares feitas ao orçamento da União previstas para investimentos em novos projetos.

Programação dos filmes em cartaz