Boa tarde!           Terça 30/11/2021   17:59
Receba nossos informativos: Nome: Email:
Home > Saúde > Prefeito acompanha Mutirão de Cirurgias Vasculares, no HAC
Prefeito acompanha Mutirão de Cirurgias Vasculares, no HAC
Procedimento foi feito em 8 pacientes internados na unidade

24/03/2018 - 12:40 - Oito pacientes foram operados pela equipe de Cirurgia Vascular do Hospital Alcides Carneiro, neste sábado (24.03), data em que foi realizada a segunda etapa do cronograma de mutirões cirúrgicos implementado pelo município na unidade de saúde este ano. O prefeito Bernardo Rossi, esteve no período da manhã acompanhando os procedimentos no hospital e conversando com os pacientes. O município trabalha para ampliar o acesso da população às cirurgias e tratamentos junto ao maior hospital público da cidade.

O prefeito Bernardo Rossi reforça que o hospital conquistou todas as metas pactuadas em 2017 junto à Secretaria de Saúde, quando foram realizadas 308 cirurgias vasculares.

"Nós pretendemos realizar este ano uma obra no Centro Cirúrgico e criar mais uma sala para aumentarmos o número de cirurgias no hospital além de ampliar o centro de material e esterilização (CME). Buscaremos mais investimentos para a Saúde, elaborando projetos para que os deputados criem emendas em cima das nossas necessidades, a fim de conquistar recursos de custeio e assim oferecer mais qualidade para a população", garante o prefeito Bernardo Rossi.

O centro cirúrgico do HAC conta com seis salas cirúrgicas e realiza, em média, 640 procedimentos por mês, entre média e alta complexidade, que significam 7,6 mil cirurgias de todas as especialidades disponíveis. O sistema de mutirões foi intensificado no ano passado, quando foram realizadas cirurgias pediátricas, de reconstrução mamária, ao final da campanha Outubro Rosa, e vem intensificando a realização de procedimentos vasculares e urológicos.

"A sugestão dos mutirões foi uma ideia abraçada pela direção do hospital que nos possibilitou projetar, inclusive, mutirões à noite ou de madrugada sem que interrompa a rotina cirúrgica do hospital. A nossa proposta é alinhar a acessibilidade da população aos recursos técnicos e a competência dos nossos profissionais atuantes no nosso centro cirúrgico", afirma Silmar Fortes, secretário de Saúde.

Um dos pacientes atendidos no mutirão deste sábado, o pedreiro Jorge Luís Lima, de 54 anos, estava ansioso pela cirurgia. Ele enfatiza que o atendimento que vem recebendo trouxe maior tranquilidade para ele e a família.

“É normal sentir um pouco de nervosismo antes de uma cirurgia deste tipo, mas a equipe tem me dado muito apoio e me passado segurança. Tenho certeza de que tudo vai dar certo”, disse.

Antes da cirurgia, seu Jorge recebeu o carinho da filha, a auxiliar de prótese dentária Jéssica Barroso, de 26 anos. Emocionada, ela falou sobre a importância do mutirão para agilizar o tratamento do pai.

“Achei a ideia muito interessante. Isso proporcionou ao meu pai fazer a cirurgia para tratar a trombose na perna apenas uma semana depois de sair o resultado do exame. Estou tranquila e confiante, agora”, contou Jéssica.

Chefe da equipe foi responsável por procedimento cirúrgico inédito no HAC

A ação deste sábado (24.03) foi liderada pelo chefe de Cirurgia Vascular do Hospital Alcides Carneiro, o médico José Eduardo Costa Filho. O médico foi responsável pela realização de um procedimento de Revascularização Complexa Multisegmentar, para tratar um paciente com isquemia crítica. O procedimento de alta complexidade foi realizado na semana passada e era inédita no hospital.

“Conseguimos, com abordagem retrógrada guiada por um Ecodoppler, o restabelecimento da circulação arterial do paciente, evitando a amputação, que foi a alternativa dada anteriormente para o caso” explicou o chefe da equipe.

A abordagem guiada por Ecodoppler, equipamento utilizado, por meio de ultra-sons, para examinar os vasos sanguíneos arteriais e venosos reduz o uso de radioscopia e radiação, diminuindo, também, a possibilidade de complicações.
Programação dos filmes em cartaz