Bom dia!           Sábado 29/02/2020   09:24
Receba nossos informativos: Nome: Email:
Home > Meio Ambiente > Comdep coletou 665 toneladas de resíduos recicláveis
Comdep coletou 665 toneladas de resíduos recicláveis
No mês de dezembro, foram retiradas 2 toneladas de papelão apenas na Rua 16 de Março

29/12/2017 - 15:57 - A Comdep coletou 665 toneladas de materiais recicláveis ao longo do ano. O número se refere a resíduos de papel, plástico, vidro e metal entregue às cooperativas que atuam na cidade, nos ecopontos da Mosela e de Itaipava e da coleta feita em casa. Além disso, foram recolhidos 2.825 pneus, 7.853 lâmpadas e 4.357 litros de óleo vegetal saturado.

Hoje, a coleta seletiva está reestruturada no município. O trabalho foi iniciado em maio, quando o material passou a ser concentrado em um só local, em Cascatinha. Desde então, o Centro de Reciclagem se tornou um ambiente mais limpo e organizado. Todos os funcionários que trabalhavam no Carangola foram levados para lá e a cooperativa que atuava no local foi formalizada juridicamente.

Agora, são três caminhões que fazem a coleta “porta a porta”, que acontece atualmente em seis bairros: Bingen, Mosela, Valparaíso, Morin, Alto da Serra e Castrioto.

“No início do ano, a coleta seletiva foi prejudicada por causa das dívidas com as empresas que forneciam caminhões para o serviço. Por causa disso, nós tivemos que buscar atender os bairros que já tinham a coleta com os dois caminhões próprios. Hoje, já temos mais um veículo e vamos expandir o recolhimento de materiais recicláveis ainda mais”, explica o presidente da Comdep, Wagner Silva.

Outro caminho é levar o material reciclável para os ecopontos que funcionam na Mosela e em Itaipava. Em 2018, serão mais dois: na Praça Oswaldo Cruz, na Montecaseros, e um posto de gasolina no Bingen. Desde a inauguração do ecoponto que fica no Parque Municipal, a procura por interessados aumentou: 62 toneladas de material já foi entregue e se transformou em desconto na conta de luz.

“Depois da inauguração do ecoponto em Itaipava, a coleta aqui aumentou. As pessoas ficaram sabendo e começaram a procurar a coleta seletiva aqui também. E a tendência é isso aumentar com os novos ecopontos”, diz a responsável pelo ecoponto da Mosela, Edilaine Gomes.

Todo material é dividido entre as quatro cooperativas da cidade. A “Deus da Guerra”, que atua no Centro de Reciclagem da Comdep em Cascatinha (e que foi regularizada e capacitada pela empresa), processa cerca de 1,3 tonelada por semana. As cooperativas Esperança (Quarteirão Italiano), Dos Amigos (Nogueira) e Rainha do Céu (Duarte da Silveira) separam aproximadamente cinco toneladas. Cada uma comercializa os resíduos que recebem por semana e podem receber mais de acordo com a capacidade de trabalho delas. O restante é selecionado pela própria Companhia.

Programação dos filmes em cartaz