Bom dia!           Quinta 20/02/2020   08:55
Receba nossos informativos: Nome: Email:
Home > Meio Ambiente > Setor de Fiscalização do Meio Ambiente realiza Operação no Bingen
Setor de Fiscalização do Meio Ambiente realiza Operação no Bingen
Foram entregues três notificações durante a ação

Responsáveis pelos estabelecimentos receberam prazo para se adequarem às normas
 
05/08/2017 - 17:33 - O setor de fiscalização da Secretaria de Meio Ambiente realizou uma operação nesta terça-feira (05.09) no Bingen para atender às denúncias que chegaram ao órgão nas últimas semanas. Um depósito de gás, na Rua Bingen, funcionava sem o alvará de localização e a licença ambiental que permite a atividade. Além disso, o responsável também não tem o certificado do Corpo de Bombeiros. O proprietário agora tem um prazo de 30 dias para apresentar a documentação necessária, caso contrário, ele será multado e o local interditado.

O chefe do setor, Miguel Fausto, destaca que a documentação garante a segurança do estabelecimento e dos funcionários da empresa. “É importante frisar que a construção, instalação e funcionamento de atividades utilizadoras de recursos ambientais, considerados efetiva ou potencialmente poluidores, bem como os capazes de causar degradação ambiental, dependerão de prévio licenciamento, para garantir a segurança de todos e a qualidade ambiental”, afirma.

Na Rua Dr. Paulo Hervê, uma oficina mecânica não possuía o alvará de localização e nem a licença ambiental para a atividade. O responsável pelo local terá que dar entrada na documentação em um prazo de 30 dias, caso contrário, o espaço pode ser interditado. Mesmo prazo que o dono de um lava jato, no bairro Castrioto, recebeu para legalizar o seu negócio.

“Essas atividades envolvem muitas substâncias tóxicas prejudiciais a natureza. Nos locais não encontramos o descarte correto de alguns produtos, como óleos de motores e materiais de limpeza, por exemplo. É fundamental que os empresários estejam em dia com a documentação para o exercício legal desses serviços”, explica Miguel.

O secretário de Meio Ambiente, Fred Procópio, destaca o trabalho do setor que visa coibir os crimes ambientais na cidade. Outras operações serão realizadas nas próximas semanas em outras regiões do município.

“Recebemos, em média, três ligações denunciando algum crime ambiental, como casos de desmatamento, queimadas e movimentações irregulares de terra. Estamos montando operações para coibir essas atividades em todo o município. A parceria com a população é fundamental para o sucesso do nosso trabalho”, disse Fred.

Programação dos filmes em cartaz