Bom dia!           Quinta 20/02/2020   08:21
Receba nossos informativos: Nome: Email:
Home > Meio Ambiente > Disque Entulho ultrapassa a Marca de 1 mil Atendimentos
Disque Entulho ultrapassa a Marca de 1 mil Atendimentos
Serviço foi reativado pela Comdep em maio e beneficia população que procura fazer o descarte correto

15/08/2017 - 16:31 - Apenas três meses após ser reativado pela Comdep, o Disque Entulho ultrapassou nesta terça-feira (15.08) a marca de 1 mil coletas realizadas.  O serviço foi reativado há 90 dias e faz média de 12 coletas de entulho por dia.  A quantidade, somada à limpeza também feita pela Secretaria de Serviços Públicos, representa 70 mil toneladas de entulho que deixaram de ser despejadas nas ruas ou em locais de preservação ambiental. A marca é comemorada pela Comdep.

“Ter chegado a essa marca em tão pouco tempo mostra o quanto esse serviço fez falta para a população nos anos em que ficou desativado. O Disque Entulho garante uma cidade limpa e o descarte adequado”, diz o presidente da Comdep, Wagner Silva. Para o prefeito Bernardo Rossi, que determinou o retorno do trabalho, a cidade ganha em qualidade de vida. “Um dos maiores desafios da gestão, logo no início, foi vencer o caos em que se encontrava a coleta. E hoje conseguimos ter o serviço que a cidade merece e nos preparar para avançar”, afirma.

Para os moradores, esse serviço representa uma economia grande e dá confiança sobre a destinação correta do entulho. O mecânico Marcio Aragão, que mora no bairro Castrioto, está fazendo uma pequena reforma em casa há cerca de um mês. Ele chegou a procurar um caminhão para levar os restos da obra, mas o preço cobrado (R$ 300) e a dúvida sobre para onde esses detritos seriam levados fez com que ele preferisse ligar para a Comdep.

“Acho esse serviço importante e responsável, porque assim a gente sabe que vai ser dado o destino adequado. É gratuito e nos dá a certeza de onde será levado, enquanto muitas vezes é cobrado o transporte e a gente não sabe se é jogado em uma lixeira em qualquer lugar”, destaca o mecânico, que fez o agendamento na semana passada e recebeu o recolhimento nesta terça.

De acordo com o Código de Posturas, quem gera o entulho é responsável por fazer a destinação correta – que é levar os restos de obras, lixo verde, móveis e eletrodomésticos para o aterro de Pedro do Rio. Quem é flagrado jogando os chamados “resíduos volumosos” sobre calçadas e ruas é multado em R$ 800 e intimado a fazer a retirada imediata. Ao longo do ano, a Comdep e a Secretaria de Serviços, Segurança e Ordem Pública (SSOP) já removeram mais de 70 mil toneladas de entulho em toda a cidade.

O Disque Entulho é gratuito e faz a coleta em casa de até 20 sacos de entulho. O serviço tem rotas fixas diariamente, mas os moradores de todos os bairros podem pedir o recolhimento – o agendamento é realizado conforme a disponibilidade das equipes. A passagem do caminhão pode ser marcada pelo telefone 2243-7822.
É importante que os moradores deixem o entulho na via principal da rua e no dia anterior ao da coleta. Outros pontos que o morador deve se atentar é sobre o acesso à rua (locais muito estreitos podem prejudicar a chegada do caminhão) e ao peso – sacos com mais de 25 kg atrapalham os coletores e demandam a utilização de tratores.
 
Disque Entulho:

Segunda-feira: Valparaíso, Centro, Caxambu e Morin
Terça-feira: Retiro, Carangola, Roseiral e Jardim Salvador
Quarta-feira: Bingen, Mosela, Quarteirão Brasileiro, Av. Barão do Rio Branco e Atílio Marotti
Quinta-feira: Quitandinha, Independência, Castelânea e Alto da Serra
Sexta-feira: Itamarati, Provisória e Floresta
Sábado: Samambaia, Cascatinha e Estrada da Saudade
Programação dos filmes em cartaz