Boa noite!           Sábado 29/02/2020   03:12
Receba nossos informativos: Nome: Email:
Home > Meio Ambiente > Disque Entulho recolhe 330 toneladas em dois meses
Disque Entulho recolhe 330 toneladas em dois meses
Desde que foi reativado, o serviço já atendeu 659 pessoas no município
 
20/07/2017 - 17:12 - Em dois meses desde que voltou a funcionar, o Disque Entulho já realizou 893 agendamentos. Destes, 659 pedidos de recolhimento apresentados pela população já foram atendidos pela Comdep. Isso representa que quase 330 toneladas de restos de obras, lixo verde, móveis e eletrodomésticos recolhido apenas por esse serviço.
​O Disque Entulho foi reativado em maio pela Comdep após quatro anos de interrupção. Ele foi descontinuado porque o antigo governo considerava o serviço muito caro. Isso acabou prejudicando a população de mais baixa renda, já que a contratação de um caminhão para realizar o descarte correto pode custar mais de R$ 200, valor alto para descartar uma quantidade tão pequena.

“O Disque Entulho é para aqueles moradores que fizeram uma pequena obra ou retirou lixo verde em casa, por exemplo, e tem até 20 sacos desse lixo. A maneira correta é destinar para o aterro de Pedro do Rio, mas as pessoas têm dificuldade para fazer isso, principalmente nas comunidades mais carentes. Esse serviço é importantíssimo para a cidade”, destaca o presidente da Comdep, Wagner Silva.

É possível pedir o Disque Entulho desde que a quantidade de material descartado não ultrapasse 20 sacos. Para pedir a passagem do caminhão, basta ligar para 2243-7822, de 8h30 às 17h, e agendar a data. O serviço possui rotas fixas por dia, mas também atende moradores de outros bairros, de acordo com a disponibilidade.

O solicitante deve deixar o entulho na calçada apenas no dia agendado para o recolhimento. É importante que solicitante deixe o entulho em um local de fácil acesso para o caminhão e que os sacos tenham até 25 kg, caso contrário, é necessário acionar um trator, o que atrasa o atendimento. Também é importante que o morador esteja em casa no momento da coleta para receber o comprovante do serviço.

Quem descarta esses materiais volumosos de maneira irregular sobre calçadas ou ruas, atrapalhando o trânsito de pessoas ou veículos, fica sujeito a uma multa de R$ 800 e intimado a fazer a remoção imediata do entulho. A falta do serviço e de fiscalização até o ano passado encheu a cidade de sujeira. Em 2017, mais de 60 mil toneladas já foram removidas em todo município, seja pela Comdep ou pela Secretaria de Serviços, Segurança e Ordem Pública (SSOP), que dividem o trabalho.

Roteiro do Disque Entulho:
 
Segunda-feira: Valparaíso, Centro, Caxambu e Morin
Terça-feira: Retiro, Carangola, Roseiral e Jardim Salvador
Quarta-feira: Bingen, Mosela, Quarteirão Brasileiro, Av. Barão do Rio Branco e Atílio Marotti
Quinta-feira: Quitandinha, Independência, Castelânea e Alto da Serra
Sexta-feira: Itamarati, Provisória e Floresta
Sábado: Samambaia, Cascatinha e Estrada da Saudade​
Programação dos filmes em cartaz