Boa noite!           Terça 30/11/2021   18:08
Receba nossos informativos: Nome: Email:
Home > Saúde > Vigilância e Procon encontram série de irregularidades em Supermercado do Itamarati
Vigilância e Procon encontram série de irregularidades em Supermercado do Itamarati
Setores do local foram interditados por conta condições de limpeza inadequadas

Produtos impróprios para consumo também foram descartados

06/07/2017 - 17:49 - Fiscalização realizada pela Vigilância Sanitária e o Procon Petrópolis nesta quinta-feira (06.07), interditou a lanchonete, a padaria, confeitaria e a sala de farinhas do Bramil, no Itamarati, por conta de condições de limpezas consideradas inadequadas. No espaço também foram encontrados e descartados 80 quilos de alimentos impróprios para consumo e 77 quilos de salgados fora da validade, dispostos em câmara de refrigeração. O estabelecimento também recebeu auto de infração por apresentar condições higiênico-sanitárias insatisfatórias em diversos pontos.

A ação fiscalizatória atende a uma denúncia onde uma cliente do estabelecimento encontrou uma formiga em um salgado da lanchonete. Ao chegar no local, a equipe fiscalizou os recipientes de preparo e o local de armazenamento dos produtos. Na parte onde os pães, bolos e demais produtos de confeitaria são produzidos, os órgãos encontraram produtos armazenados de maneira incorreta, sem datas de validades expostas e em recipientes impróprios. Na sala de farinhas, os produtos foram encontrados dispostos no chão, sem a correta acomodação.

“Tomamos ciência da denúncia pelas redes sociais e imediatamente providenciamos a ação de fiscalização. Vamos manter firme as ações de fiscalização, com coerência, transparência e responsabilidade. Nosso objetivo é sempre manter a proteção absoluta nas relações de consumo e garantir aos petropolitanos condições de fazer suas compras sem preocupação”, explica o coordenador do Procon Petrópolis, Bernardo Sabrá.

Nas dispensas do restaurante, lanchonete e padaria, foram encontrados produtos cujas embalagens estavam danificadas. Apesar de dentro da validade, explica a coordenadora de Vigilância Sanitária, Dayse Carvalho, esses produtos podem conter bactérias, já que pode ter havido entrada de ar. Tais produtos também foram descartados, bem como aqueles encontrados sem a correta rotulagem.

“Todo o produto que é retirado de sua embalagem original deve estar armazenado em um recipiente próprio, com identificação e data da validade. Isso garante que as pessoas que trabalham naquele local saibam exatamente o que estão usando e quando aquele material precisa ser descartado, caso passe da validade. Sem essas referências, a Vigilância não tem como saber do que se trata e se está ou não dentro das normas preconizadas”, explica Dayse.

As carnes e miúdos de frango foram encontradas em ilhas de refrigeração à disposição dos clientes com sinais de recongelamento – processo que faz com que o alimento perca a sua qualidade nutricional. Seis caixas de hambúrgueres de carne e frango danificadas também foram encontradas nessas ilhas. Todo o material foi apreendido e descartado.

“Essa é uma ação de prevenção, que visa eliminar e diminuir os riscos que à população está exposto ao consumir algum alimento estragado ou impróprio para consumo. É uma atividade feita com rigor, pois é de grande importância para à população”, explica o Secretário de Saúde, Silmar Fortes.

Em uma fiscalização feita anteriormente no estabelecimento, em março, a Vigilância Sanitária já havia solicitado uma série de adequações que não foram cumpridas pelo supermercado. Desta vez, além de cobrar essas melhorias, o órgão também emitiu um auto de infração pela transgressão de normais legais e regulamentares destinadas a proteção da saúde. Outros pontos considerados inadequados foram a dispensa da cozinha, as câmaras frigoríficas, câmara de refrigeração, ilhas de congelamento, peixaria, área de salgados, açougue e depósito geral de estoque da loja.

Os responsáveis pela loja deverão comparecer à Vigilância Sanitária para apresentar documentação a respeito de outras condições relacionadas à saúde. Além disso, eles deverão comunicar formalmente que a limpeza exigida na lanchonete,padaria, confeitaria e sala de farinhas tenham sido realizadas para que fiscais retornem e liberem a sua utilização.
Programação dos filmes em cartaz