Bom dia!           Domingo 15/12/2019   11:59
Receba nossos informativos: Nome: Email:
Home > Entretenimento > Eventos Permanentes > Programação Rocambole no mês de Julho de 2017 – Dia dos avós
Programação Rocambole no mês de Julho de 2017 – Dia dos avós
Julho de 2017- A Programação do mês de julho da Biblioteca Rocambole é homenagem ao Dia dos Avós.

Dias 4 e 5 - Hora do conto e exploração do acervo da Rocambole

Grupos escolares de 4 a 6 anos de idade e de, no máximo, 25 crianças.
Horário: 14h às 15h: Contação de história do livro “A bruxa mais velha do mundo”, de Elizete Lisboa, seguida da exploração de livros, jogos e fantoches da Biblioteca Rocambole.

Sinopse: Cuidado! Uma bruxa brincalhona, que já fez muitos e muitos aniversários e adora cantar no meio da noite, cismou que vai se casar no ano que vem, e está à procura de um marido que goste de cantar e que seja bem velho. E bem feio!

Elizete Lisboa é mineira e mora em Belo Horizonte. Formou-se em Letras pela Universidade Federal de Minas Gerais. Já publicou os livros Rosa e o Gato, Quero brincar, Que será que a bruxa está lavando? e A bruxa mais velha do mundo.

Dia 6 - Hora do conto e oficina criativa

Grupos escolares de 3 a 5 anos de idade e de, no máximo, 25 crianças.
Horário: 14h às 15h: Contação de história do livro “Lino”, de André Neves, seguida de oficina criativa.

Sinopse: O pequeno personagem Lino era um porquinho de brinquedo que vivia numa loja. Havia feito uma grande amizade com Lua, uma coelhinha de brinquedo que acendia uma luz na barriga toda vez que gargalhava. Os dois se divertiam muito juntos e Lino adorava a luz que Lua propagava. No entanto, em uma manhã, Lua não estava mais lá. Lino ficou muito triste e sentiu bastante a sua falta. Pouco tempo depois, o pequeno foi colocado em uma caixa de presente e foi parar na casa de uma menina linda chamada Estrela. E nesta casa, inesperadamente, Lino descobre o paradeiro de sua amiga Lua. 

André Neves nasceu em Recife, onde começou a desenvolver suas primeiras atividades relacionadas à literatura infantil. Hoje, o autor tem vários livros publicados por diversas editoras, além de prêmios em reconhecimento ao seu trabalho. André dedica-se a arte de escrever e ilustrar para crianças de todas as idades, e suas imagens já foram vistas por crianças e adultos do mundo inteiro em mostras de ilustração dedicadas à infância.

Dias 11 e 12 - Hora do conto e exploração do acervo da Rocambole

Grupos escolares de 3 a 6 anos de idade e de, no máximo, 25 crianças.
Horário: 14h às 15h: Contação da publicação “O time do tico-tico”, de Hebe Coimbra, seguida da exploração de livros, jogos e fantoches da Biblioteca Rocambole.

Sinopse: TIRANDO DE LETRA é uma coleção desenvolvida para reforçar, complementar e estimular os processos de alfabetização e letramento. Sem deixar de lado o caráter literário, cada obra ressalta uma letra do alfabeto e, bem ao gosto das crianças, privilegia o campo sonoro, explorando uma situação inusitada com rimas e ritmo. O time do Tico-tico é uma partida de futebol entre duas equipes curiosas: o time do Tico-tico e o time do Tubarão. Quem será o campeão?

Hebe Coimbra é escritora, redatora e editora de textos. Entre os livros que escreveu, Num pacato vilarejo... e A parceira receberam o selo Altamente Recomendável da FNLIJ para criança e jovem, respectivamente.

Dia 13 - Hora do conto e oficina criativa

Grupos escolares de 7 a 10 anos de idade e de, no máximo, 25 crianças.
Hotário: 14h às 15h: Contação e exploração do livro “De olho na Mata Atlântica”, de Ingrid Biesemeyer Bellinghausen, seguida de oficina criativa.

Sinopse: Imagine que chegamos ao Brasil em 1500. Como será que era a Mata Atlântica naquela época? Agora, imagine uma viagem feita hoje, pela mesma Mata. O que será que aconteceu? A autora e ilustradora Ingrid Biesemeyer Bellinghausen vai guiar essa nossa trilha, mostrando as belezas e peculiaridades da natureza.

Ingrid Biesemeyer Bellinghausen é de São Paulo. Formou-se em Artes Plásticas e cursou pós-graduação em História da Arte. É autora de vários livros infantis, entre eles a coleção O mundinho, editada pela DCL. Cria e coordena oficinas de arte a partir de seus livros, o que a aproxima dos pequenos leitores. Sua arte é constituída de cores, contrastes e formas simples.

Dias 18 e 19 - Hora do conto e exploração do acervo da Rocambole

Grupos escolares de 5 a 8 anos de idade e de, no máximo, 25 alunos.
Hotários: 14h às 15h: Leitura do livro “Romeu e Julieta”, de Ruth Rocha, seguida da exploração de livros, jogos e fantoches da Biblioteca Rocambole.

Sinopse: Um reino colorido e cheio de flores, onde as coisas são separadas pelas cores. Tudo muito lindo para cheirar e ver, mas quem mora ali nem pode se conhecer! Será que a cor das asas de Romeu e Julieta vai mesmo separar essas crianças-borboletas?

Ruth Rocha nasceu em 1931 em São Paulo, capital, onde sempre viveu. Foi orientadora educacional e editora. Começou a escrever artigos sobre educação para a revista Cláudia, em 1967. Em 1969 começou a escrever histórias infantis para a revista Recreio. Em 1976 teve seu primeiro livro editado. De lá para cá publicou mais de cem livros no Brasil e vinte no exterior, em dezenove idiomas.

Dia 20 - Hora do conto e oficina criativa

Grupos escolares de 3 a 6 anos de idade e de, no máximo, 25 criançcas.
Horário: 14h às 15h: Contação de algumas histórias extraídas da publicação “Livro de histórias”, de Georgie Adams, seguida de oficina criativa.

Sinopse: Um livro de cabeceira para a primeira infância, com oito histórias. Quatro delas são conhecidíssimas;Chapeuzinho Vermelho;, Os três porquinhos;, João e o pé de feijão; e Cachinhos Dourados e os três ursos;. As outras têm a mesma graça, mas são um pouco menos contadas no Brasil: Os duendes e o sapateiro;, Os três bodes da montanha; A princesa de verdade; O homem-bolo;. Escritas e traduzidas com talento e sensibilidade, são histórias que organizam em forma de narrativa os afetos múltiplos e contrastantes que povoam a mente infantil.

Georgie Adams nasceu em 1945 na Inglaterra, em Tunbridge Wells, e atualmente mora em Cornwall. Foi editora de livros infantis em todo o Reino Unido, por muitos anos, antes de se tornar escritora. Seus livros são dedicados a crianças bem pequenas.

Dias 25 e 26 – Dia dos Avós

Hora do conto e exploração do acervo da Rocambole

Grupos escolares de 4 a 6 anos de idade e de, no máximo, 25 alunos.
Horário: 14h às 15h: Contação de história do livro “O Livro da Avó”, de Luís Silva, seguida da exploração de livros, jogos e fantoches da Biblioteca Rocambole.

Sinopse: O Livro da Avó resgata memórias de ternura da relação entre avó e neto, como as festas, as brincadeiras com os primos, os passeios e a
varanda com o mar como horizonte. O neto relembra os carinhos e os ensinamentos quando era menino na casa da avó, momentos que, na saudade da infância, mostram a falta que as avós nos fazem. 

Luís Silva: Autor e ilustrador de livros infantis, o português Luís Silva recebeu, em 2008, o prêmio português Bissaya Barreto de Literatura para a Infância pela obra “O Livro da Avó”.

Dia 27 - Hora do conto e oficina criativa

Grupos escolares de 5 a 7 anos de idade e de, no máximo, 25 alunos.
Horário: 14h às 15h: Contação de história do livro “História meio ao contrário”, de Ana Maria Machado, seguida de oficina criativa.

Sinopse: “... E então eles se casaram, tiveram uma filha linda como um raio de sol e viveram felizes para sempre”. É o fim da história? Não, é o começo. Mas não é por isso que a história é meio ao contrário, quer dizer, não é só por isso. Entre muitas risadas, você vai descobrir que “ser feliz para sempre” não é tão fácil assim e pode ser até meio chato. E que de nada adianta o poder do rei, a beleza da princesa, a coragem do príncipe... se não puderem fazer sua própria história. E por falar em história, esta já virou um clássico e uma das mais premiadas da literatura infanto-juvenil.

Ana Maria Machado, jornalista e escritora carioca (1941), recebeu o prêmio Hans Christian Andersen (2001), considerado o Nobel da literatura infanto-juvenil. É autora de mais de 100 títulos, alguns deles publicados em 17 países. Formada em Letras, lecionou na UFRJ e PUC. Trabalhou na revista Elle, em Paris, na BBC de Londres e em várias revistas e jornais brasileiros. Também notabilizou-se pela sua produção de literatura para adultos e ocupa a cadeira número 1
da Academia Brasileira de Letras. Todos os eventos da programação devem ser agendados previamente através do nº 24-22330345 (Setor de Educação), de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 18h.

A programação mensal de atividades da Biblioteca Rocambole, bem como outras informações relativas ao seu funcionamento e acervo, podem ser acessadas no Blog da Biblioteca: http://bibliotecarocambole.blogspot.com.
Programação dos filmes em cartaz