Bom dia!           Sábado 29/02/2020   10:23
Receba nossos informativos: Nome: Email:
Home > Meio Ambiente > Comdep cria Incubadora para Cooperativas de Reciclagem de Lixo
Comdep cria Incubadora para Cooperativas de Reciclagem de Lixo
Cooperativa que atua no Cascatinha será a primeira a participar do projeto, que inclui educação ambiental, jurídica e contábil
 
19/06/2017 - 11:06 - A Comdep está criando uma incubadora de cooperativas de reciclagem de lixo. A intenção é que a partir de agora a empresa possa ajudar que novos grupos consigam nascer e se desenvolver para atuar na área da seleção, separação e comercialização de resíduos sólidos coletados. Para isso, vai oferecer educação ambiental, jurídica e contábil, de forma que elas possam ter andamento após começarem a funcionar. A cooperativa que já atua no centro de reciclagem de Cascatinha será a primeira integrante do projeto e também está recebendo ajuda para se regularizar. A cooperativa existe há mais de 12 anos, porém de forma irregular.

Ela vai ganhar CNPJ e vai passar a existir formalmente. Com isso, o trabalho junto à Comdep será oficializado e terá alta qualidade, já que a mão de obra estará capacitada. Os integrantes da cooperativa já até escolheram o novo nome, que será “Deus na Guerra”. Todo esse processo já foi informado ao Ministério Público Federal.

“Nós temos a maior preocupação com a cooperativa de Cascatinha e queremos que ela atue de forma totalmente regular e capacitada, que seja profissional. Será bom para eles, que vão, por exemplo, poder contribuir para o INSS e garantir uma aposentadoria, e para a cidade toda, com trabalho ainda mais qualificado”, disse o presidente da Comdep, Wagner Silva.

As aulas já começam no mês que vem e serão realizadas no próprio centro de reciclagem, evitando que os integrantes da cooperativa tenham que se deslocar para outro local. Um dos professores será Jussara Gatto Justen, que cuida da parte de educação ambiental da Comdep. O projeto deve durar seis meses e, em seguida, será aberto espaço para que outra cooperativa possa ser criada.

Isso é mais um passo dentro da reorganização da coleta seletiva no município. No final de maio, todos os funcionários da Comdep que atuavam no centro de reciclagem do Carangola e os equipamentos foram transferidos para Cascatinha. Com isso, a empresa pode concentrar o trabalho em um só local e ter maior economia e controle, tornando o serviço mais eficiente.
 
Cooperativa existe há mais de 10 anos na informalidade
 
A cooperativa, que antes tinha o nome de “Esperança”, existe há mais de 10 anos e nunca foi formalizada. No início, eles dividiam espaço com outra cooperativa, mas desde 2009, trabalham sozinhos em Cascatinha.

Atualmente, a cooperativa tem 12 integrantes e, partir de agora, possui uma diretoria financeira e um conselho fiscal. A presidente da “Deus na Guerra” é Rosangela da Silva Silveira (eleita pelos próprios integrantes da cooperativa), que já percebeu as mudanças implementadas pela Comdep na coleta seletiva. 

“Depois que a Comdep juntou tudo para cá, aqui ficou mais limpo e organizado, com as mesas e prensas para trabalhar. Acho que agora, com a regularização da nossa cooperativa, vai melhorar mais ainda, a gente vai poder caminhar com os próprios pés”, afirmou ela.

Eles trabalham ao lado de outros 13 funcionários da Comdep e fazem a seleção de três toneladas de lixo por dia. O objetivo é que essa quantidade possa ser aumentada nos próximos meses.
 ​
Programação dos filmes em cartaz