Boa noite!           Quinta 02/12/2021   03:58
Receba nossos informativos: Nome: Email:
Home > Saúde > Secretaria de Saúde reestrutura programa VIGIAGUA
Secretaria de Saúde reestrutura programa VIGIAGUA
Laboratório do Centro de Saúde avaliará a qualidade da água do município

25/04/2017 - 15:06 - A Secretaria de Saúde reestruturou o programa de Vigilância da Qualidade da Água (VIGIAGUA) que analisa a potabilidade da água para consumo no município. A partir desta terça-feira (25.04), o serviço passa a ser integrado ao Laboratório de Análises Clínicas do Instituto da Mulher (antigo Centro de Saúde) ampliando o número de amostras analisadas de 35 para 240 mensais e proporcionando o monitoramento da qualidade da água distribuída pela concessionária Águas do Imperador.

A iniciativa é da Coordenação de Vigilância Sanitária que abastece o laboratório com os materiais específicos para a análise e realiza a coleta das amostras. O secretário de Saúde, Silmar Fortes afirmou que a ação garantirá mais segurança sanitária para a população.

“Esse serviço implica diretamente na melhoria da saúde da população, pois vai assegurar a qualidade da água ofertada ou disponível para os usuários. Com a análise de 240 amostras mensais cumpriremos o monitoramento obrigatório da qualidade da água distribuída na cidade e garantiremos a eficácia do programa do Ministério da Saúde, o VIGIAGUA, em nosso município”, considera o secretário de Saúde, Silmar Fortes.

As análises eram realizadas no laboratório Lacen RJ - Laboratório Central de Saúde Pública do Rio de Janeiro Noel Nutels, que proporcionou o treinamento das equipes do Centro de Saúde para que o serviço fosse implantado no município. A diretora do Centro de Saúde, Elida Marta Santos, explicou que o novo sistema potencializa o serviço ofertado pela unidade.

“Foi preciso fazermos alguns reparos na sala e abastecer a unidade com os insumos necessários para abrigar o serviço. Toda a equipe técnica foi treinada pelo Lacen RJ. A Vigilância Sanitária colhe as amostras para que possamos realizar as análises. Todas as coletas são inseridas em um sistema gerenciado pelo governo e acompanhadas pelo Ministério da Saúde”, disse a diretora Elida Marta dos Santos.

A coordenadora da Vigilância Sanitária, Dayse Carvalho, explicou que o trabalho é cuidadoso: os técnicos coletam as amostras de água seguindo determinações específicas para que as mesmas não sofram contaminações.

“Todo o trabalho é realizado com material esterilizado e transportado em caixas isotérmicas até o laboratório. O monitoramento dos pontos de distribuição da concessionária Águas do Imperador será feito mensalmente, conforme a legislação determina, para certificarmos a qualidade da água ofertada às famílias. A concessionária é grande parceira do município e pretendemos realizar, em conjunto, algumas ações de orientação à população”, disse a coordenadora Dayse Carvalho.
Programação dos filmes em cartaz