Boa noite!           Terça 30/11/2021   18:32
Receba nossos informativos: Nome: Email:
Home > Saúde > Palestra aberta a Médicos vai abordar Quadros de Febre sem Sinais Aparentes em Crianças
Palestra aberta a Médicos vai abordar Quadros de Febre sem Sinais Aparentes em Crianças
Evento acontece nesta quarta-feira no Hospital SMH - Beneficência Portuguesa de Petrópolis.
 
18/04/2017 - 17:43 - O Hospital SMH - Beneficência Portuguesa de Petrópolis promove nesta quarta-feira, dia 19 de abril, a palestra "Febre sem sinais de localização na emergência  pediatrica: como conduzir?". O evento é aberto a pediatras e profissionais da saúde no auditório do Incope (Instituto do Coração de Petrópolis), às 19h. A palestrante, a pediatra e nefrologista pediátrica Márcia Sá Fortes Gullino de Faria, irá abordar as condutas mais recentes sobre o tema e tirar dúvidas dos especialistas.
 
De acordo com a chefe do setor de pediatria do Hospital SMH, a pediatra Flávia Marzullo, 70% dos atendimentos feitos mensalmente na urgência pediátrica envolvem febre. Em parte dos casos, a origem da alteração da temperatura corporal da criança não é detectada apenas com o exame clínico, já que não há outros sintomas aparentes, como os de um resfriado, por exemplo. Nestes casos, o especialista terá que traçar um protocolo, que pode incluir a solicitação de exames.
 
“A intenção é normatizar a investigação diagnóstica sem subestimar o quadro e, ao mesmo tempo, não pedir exames desnecessários, especialmente aqueles que envolvem radiação ou exames mais invasivos. A medicina está em constante evolução e é essencial ter uma equipe atualizada”, explica a médica.
 
A palestrante Márcia Sá Fortes, que é membro do Comitê de Pediatria Ambulatorial e do Comitê de Nefrologia Pediátrica da Soperj, a Sociedade de Pediatria do Estado do Rio de Janeiro, ressalta que é importante que os especialistas passem por esse tipo de reciclagem.
 
“Saber conduzir o atendimento, quais exames solicitar e quando iniciar a medicação é muito importante para o pediatra que estará assistindo à criança”, afirma Márcia, que acrescenta: “a infecção na urina é uma das principais causas de febre sem foco aparente nas crianças menores de 3 anos, por isso meu interesse nesse tema". A infecção urinária é um exemplo de situação onde será necessária uma investigação mais minuciosa, já que os sinais da doença que está causando a febre não são aparentes.
 
O diretor executivo do Hospital SMH, Fernando Baena, ressalta que a palestra, que tem parceria com a Imune Itaipava Clínica de Vacinação, integra a série de eventos programados para este ano no hospital com a intenção de manter o corpo clínico em constante atualização.
 
“Sabemos o quanto é essencial ter profissionais bem qualificados. O hospital vem desenvolvendo ações de forma a possibilitar o acesso a novidades e descobertas, já que na medicina qualidade é sinônimo de saúde”, pontua Baena.
Programação dos filmes em cartaz