Bom dia!           Quinta 27/04/2017   06:01
Receba nossos informativos: Nome: Email:
Top On Informática
Home > Livros > Semáforos Poéticos, novo livro de Poesias de Catarina Maul dia 23/04 das 15h ás 20h
Semáforos Poéticos, novo livro de Poesias de Catarina Maul dia 23/04 das 15h ás 20h
17/04/2017 - 09:24 - Comemorando o Dia Mundial do Livro – 23 de abril, Catarina Maul, pedagoga, produtora cultural, escritora, editora e diretora da Casa da Educação Visconde de Mauá, aproveita para lançar seu quinto livro, o terceiro de poesias: Semáforos Poéticos.  

O título será apresentado ao público pela primeira vez em dois momentos na mesma semana. Estará presente no Estande da Bem Cultural Editora, realizadora da obra, no Bazar Aldeia – 2ª Edição (Rua Olavo Bilac, 265  - Castelânea) dia 23 de abril, de 15h às 20h , e na Casa da Educação Visconde de Mauá – Semana do Livro Vivo, no dia 27 de abril, de 18h às 20h30, com direito a recital poético.

Não somente a data de homenagem literária tem significância para a escritora, mas também traz uma outra comemoração especial, Dia de São Jorge. E, por ser filha de Jorge Maul, irmã de Jorge Maul Júnior, ambos falecidos e devotos de São Jorge, a data tem força espiritual que contribui para que seja amenizada a saudade.

O livro tem coordenação e revisão da própria autora, que pela Bem Cultural Editora já colocou no mercado cerca de  30 títulos de diversos escritores em aproximadamente dois anos, tendo a  obra Contando e Cantando os Sonhos de Dumont recebido a indicação para o Prêmio Maestro Guerra Peixe de Cultura – 2016.  A diagramação é de Anna Catharina Miranda e capa e ilustrações do artista urbano Sunk.

A experiência de escrever este livro foi um tanto diferente para Catarina Maul, pois como relata na apresentação do mesmo, ele foi todo concebido no celular,  através de registros deixados em esperas no trânsito, anotações no semáforos, nos estacionamentos, nos acostamentos, ou memórias de estradas e viagens. As anotações, tão próprias para os poetas, cujos versos gritam para serem escritos nos momentos menos usuais da vida, não tinham pretensão de virar livro, mas resultaram em material que a autora sentiu imensa vontade de ver publicado, justamente pela naturalidade da concepção da obra.

O professor, escritor, crítico literário, produtor cultural carioca Marcelo Mourão, prefaciador do livro, define: “Catarina fala de muitos lugares, pessoas, imagens e sentimentos que guarda dentro de si, porém serão todos estes que, ao contrário do que se possa pensar, falarão muito mais dela do que deles. Em quase todas as vozes líricas dos poemas aqui presentes, percebe-se nitidamente a figura da poeta-flâneur, ou seja, daquela que flana, transita, e observa atentamente a cidade-mundo que a rodeia, transformando esses seus olhares em arte. Os poemas de Catarina nos mostram que andar pelas cidades é atravessar suas ruas, mas, ao mesmo tempo, deixar-se ser atravessado por elas.”

O livro será vendido pelo valor de 25 reais.

“Não retirei dos sonhos a maioria dos poemas, mas da contemplação da visão que, ávida, consome as ofertas do dia no cotidiano imprevisível. Retirei do que vejo, do que admiro, do que questiono, do que traz incômodo ou amor.” Catarina Maul
Spa Serra Morena