Boa noite!           Terça 30/11/2021   19:02
Receba nossos informativos: Nome: Email:
Home > Saúde > Campanha “Xô Mosquito” é lançada no CEI Jorge Rolando da Silva
Campanha “Xô Mosquito” é lançada no CEI Jorge Rolando da Silva

Ação conjunta entre as secretarias vai percorrer escolas, creches, abrigos e bairros

Drone está sendo usado para reforçar a procura por possíveis focos do Aedes Aegypti

06/02/2017 - 16:19 - Combater o vetor transmissor da dengue, zika e chikungunya. Com esse objetivo foi lançada a campanha “Xô Mosquito” que envolve as secretarias de Educação, Saúde e Defesa Civil e prevê ações em escolas, CEIs, abrigos para idosos e também nos bairros. O lançamento da campanha foi feito pelo prefeito Bernardo Rossi na manhã de segunda-feira (06.02) no CEI Jorge Rolando da Silva, no Morin, com a presença das crianças, professores, pais dos alunos, parceiros e comunidade. A banda do 32º Batalhão de Infantaria Motorizada participou do evento.

“Prevenção é tudo. Todos os CEIs, escolas e a comunidade estão convocados a participar dessa campanha que tem a intenção de proteger a nossa cidade. O mosquito transmissor não só da dengue, mas da zika e chikungunya evoluiu muito e temos que combatê-lo. O tom desse governo vai ser a prevenção”, disse o prefeito Bernardo Rossi, abrindo oficialmente todas as ações da campanha, ao lado do vice-prefeito, Baninho.

A campanha “Xô Mosquito” conta com o apoio da Cruz Vermelha que doou 200 repelentes que serão distribuídos durante as visitas e do 32º Batalhão do Exército que também vai atuar na conscientização da população.

“Essa campanha está sendo realizada graças às parcerias que realizamos com o Exército Brasileiro e a Cruz Vermelha. Também temos um reforço na busca por focos do mosquito graças a uma ajuda da iniciativa privada. Um empresário nos emprestou um drone que também vai percorrer os centros de educação infantil em busca de possíveis focos. Os agentes de endemia percorrerão as comunidades para alertar a população sobre os perigos das doenças causadas por esse mosquito. A campanha nos CEIs mostra a nossa preocupação com as crianças, faremos o possível para protegê-las”, completou o prefeito Bernardo Rossi.

Também participaram do evento os representantes das secretarias envolvidas na gestão da campanha: coronel Paulo Renato Vaz, da Defesa Civil; da Saúde, Silmar Forte e da Educação, Anderson Juliano. A secretária de Trabalho, Assistência Social e Cidadania (Setrac), Denise Quintella, também prestigiou o evento, além do presidente da Câmara Municipal, Paulo Igor e os vereadores Márcio Arruda e Marcelo da Pró-Deficiente.

“Essa integração entre as secretarias é muito importante. Serão várias ações integradas, visando incorporar também a sociedade civil, igrejas e sindicatos. É um novo marco na Defesa Civil do município que tem a intenção de ser participativa. Inicialmente esse trabalho de prevenção será feito nos CEIs e lar de idosos. Apenas dez minutos de prevenção por semana é o suficiente para quebrar o ciclo de evolução do mosquito que é de apenas uma semana. Esse trabalho que estamos iniciando é preventivo e pretendemos mudar a história de Petrópolis no que diz respeito à prevenção”, disse o secretário de Defesa Civil, Paulo Renato Vaz.

Drone cedido por empresário acompanha as visitas

Durante as visitas nos CEIs, os agentes da Defesa Civil utilizarão um drone que vai fazer imagens dos telhados, na busca por água parada. 

“Quero ajudar por isso disponibilizei o material. O trabalho de prevenção é muito importante e todos nós temos a obrigação de ajudar o poder público nessa campanha”, afirmou o analista de sistema Jorge Coelho, dono do drone que está sendo utilizado pela Defesa Civil.

“O equipamento ajuda a chamar a atenção da população que também vai contar com panfleteria, cartazes e faixas”, completa Paulo Renato.

O presidente da Câmara agradeceu o empenho. “Parabenizo o prefeito pela ação e o secretario de Defesa Civil que tem uma equipe muito atuante. As crianças nos educam e toda transformação educacional e social deve começar por elas”, afirmou Paulo Igor.

Silmar Fortes alertou que o combate à dengue é um dever de toda a população. “A dengue mata e a educação é transformadora, por isso temos que ser exemplo para essas crianças”, explicou. O secretário de Educação, Anderson Juliano destacou o papel de multiplicadores de informação que as crianças possuem. “Os CEIs serão visitados por essas pessoas capacitadas e a partir daí, eles levarão o conhecimento para os pais, ou seja, a informação vai ser repassada e a prevenção vai ganhar espaço”.

O CEI Jorge Rolando da Silva atende 153 crianças de até cinco anos. Após o lançamento da campanha as crianças participaram de atividades educativas. Até o dia 9 de março, os demais 67 CEIs da rede serão visitados por uma equipe da Defesa Civil. A intenção é que as equipes visitem quatro CEIs por dia, duas visitas serão feitas na parte da manhã, das 9h às 11h, e outras duas à tarde, das 14h às 16h.

Além do CEI Jorge Rolando da Silva, os CEIs Tia Alice e Professora Sônia Regina Scudese, no Alto da Serra também receberam a visita dos agentes. Já na terça-feira, dia 7, os agentes percorrerão os CEIs Ângela Maria da Conceição, na Posse; Criança de Santa Edwiges, na Vila Rica; José Gonçalves da Motta, na Posse e Professora Graça Costa, em Pedro do Rio. Na quarta-feira, dia 8, as visitas seguirão nos CEIs Vila Leopoldina, em Pedro do Rio; Prefeito Sérgio Fadel, em Madame Machado; Santo Agostinho, em Nogueira e Luiz Marchiori, em Itaipava. Na quinta-feira, dia 9, a ação ocorrerá nos CEIs Denise Bessa, em Araras; São Francisco de Assis, no Moinho Preto; Vista Alegre, em Araras e Associação Beneficente Fazenda Inglesa, na Fazenda Inglesa. Para fechar a semana, na sexta-feira, dia 10, serão visitados os CEIs Criança Moinho Preto, no Moinho Preto; Casa Solidariedade Fazenda Inglesa, na Fazenda Inglesa; São João Batista, no Duarte da Silveira e Aldeia da criança, no Contorno.

Programação dos filmes em cartaz