Boa tarde!           Sexta 28/02/2020   14:32
Receba nossos informativos: Nome: Email:
Home > Meio Ambiente > Equipes de Transição voltam a se reunir e discutem questões relacionadas às Chuvas
Equipes de Transição voltam a se reunir e discutem questões relacionadas às Chuvas
Atual Governo já entregou relatórios, conforme prevê o artigo 79 da Lei Orgânica Municipal
 
21/11/2016 - 21:22 - Secretários municipais iniciaram hoje a entrega de relatórios à equipe de transição nomeada pelo governo eleito, conforme prevê o artigo 79 da Lei Orgânica Municipal. A documentação foi entregue no início da noite em endereço indicado pela futura administração. À tarde, membros das equipes de transição do atual e do futuro governo voltaram a se reunir. Na ocasião, o secretário de Defesa Civil e Segurança Pública, Rafael Simão, falou sobre a ocorrência mais grave registrada em consequência das chuvas, na Rua Uruguai, no Quitandinha. No local, um desplacamento de rochas fez cair de mais de 200 metros de altura mais de duas mil toneladas de terra e pedras, atingindo cinco casas e provocando duas mortes.

“Vamos, a partir de agora, criar um calendário de reuniões. Os encontros deverão ser semanais, mas, se for necessário, essa periodicidade poderá ser alterada. Especialmente num momento como o que estamos atravessando no Estado do Rio, é importante que mantenhamos um diálogo franco, direto, pensando sempre na população”, afirmou o procurador Marcus São Thiago, lembrando que a mesma documentação entregue à equipe de transição será publicada no Diário Oficial.

Além dos relatórios previstos no artigo 79 da LOM, o governo municipal entregou também documentos nos quais aponta os créditos que o município tem a receber. “Estamos enfrentando a crise nacional, e, especialmente, a crise sem precedentes do Governo do Estado com muita responsabilidade. Há mais de um ano estamos tomando medidas para fazer frente a este momento difícil. O mais importante é que, apesar de tudo, mantivemos a cidade de pé e hoje Petrópolis é credora dos Governos Federal e Estadual. O prefeito eleito terá a oportunidade de trabalhar para que estes recursos efetivamente cheguem à cidade, beneficiando a população. Fizemos tudo o que estava ao nosso alcance e asseguramos, inclusive, aumento histórico do Índice de Participação dos Municípios (IPM), garantindo R$ 35 milhões a mais em recursos para 2017”, lembrou o procurador. Outros documentos solicitados pelo governo eleito serão entregue num prazo de 10 dias.
Programação dos filmes em cartaz