Bom dia!           Terça 04/08/2020   11:21
Receba nossos informativos: Nome: Email:
Home > Esporte e Lazer > Competições Equestres Brasileiras terão Categoria Paratleta
Competições Equestres Brasileiras terão Categoria Paratleta
Projeto lançado pela ABQM incentiva a participação de pessoas com deficiência nas provas de Três Tambores.
 
29/07/2016 - 14:12 - A maior raça equina do mundo é também a primeira a lançar uma categoria paratleta nas competições do cavalo Quarto de Milha, realizadas no Brasil. O projeto de autoria da Associação Brasileira de Criadores de Cavalo Quarto de Milha (ABQM) foi lançado durante o Campeonato Nacional da raça, que ocorreu de 16 a 24 de julho, em Avaré, no interior de São Paulo. A primeira prova oficial para pessoas com deficiência, na modalidade de Três Tambores, acontece em outubro deste ano, durante a 10ª Copa dos Campeões da ABQM.
 
A cerimônia de lançamento recebeu as paratletas Tarciana Alencar, Thaline Pádua e Veridiana Real. Mais de 1,2 mil pessoas lotaram as arquibancadas e os camarotes da ‘Arena WV Leilões’, para acompanhar a primeira exibição do ‘Tambor Paratleta’. Dirigentes da ABQM, jurados e atletas da modalidade acompanharam a apresentação, que emocionou o público. “O próximo passo é criar uma ajuda financeira de fomento para todos os núcleos oficiais e associações que se integrarem à iniciativa”, ressaltou o presidente da ABQM, Fábio Pinto da Costa.
 
O procedimento da prova experimental foi o mesmo utilizado para as outras categorias, com cronômetro e fotocélula. As regras da competição oficial estão sendo estudadas, para a elaboração de um regulamento, pela coordenadora do projeto, Natasha Marcondes. A intenção da ABQM ainda é estender a oportunidade para outras modalidades. “É uma chance que não temos nem como medir a importância. Eu sempre sonhei com esse momento”, revelou Tarciana, que obteve o melhor tempo no circuito e recebeu o troféu de campeã.
 
Veridiana Real, que está no projeto desde sua concepção, não expressava outro sentimento, a não ser felicidade. “Fazer parte desse momento, foi uma emoção muito grande. Os cavalos são as minhas pernas. Eles me levam aonde eu não consigo chegar sozinha”, comentou a competidora. Em mensagem enviada à diretoria da ABQM, a mãe da paratleta agradeceu a oportunidade dada à sua filha. “Para vocês, que souberam com maestria fazer a minha filha uma das pessoas mais felizes desse mundo, o nosso muito obrigada”, escreveu Andréa Real.
 
“A ABQM fez o nosso desejo ser concretizado e isso me deixa muito realizada, super grata e feliz. Não se trata apenas de mais uma conquista, tivemos aqui a oportunidade de mostrar às pessoas que o problema não é o fim, que podemos vencê-lo, ao mesmo tempo incentivando outros paratletas. A vitória em conjunto é o maior prêmio que eu posso levar daqui. Hoje, a vitória foi da Thaline, da Tarciana e da Veridiana. Espero encontrar nos próximos eventos muitas pessoas como nós e vê-las levantar o troféu da superação” falou emocionada Thaline Pádua.
Programação dos filmes em cartaz