Boa noite!           Terça 07/12/2021   03:38
Receba nossos informativos: Nome: Email:
Home > Saúde > Frio aumenta a procura pelo Pronto Atendimento Pediátrico do Hospital SMH
Frio aumenta a procura pelo Pronto Atendimento Pediátrico do Hospital SMH
Segundo as pediatras responsáveis pelo setor, somente em abril cerca de 400 crianças com sintomas de gripe e resfriado buscaram a unidade.
 
30/05/2016 - 09:55 - A mudança do clima impacta diretamente na procura pelos atendimentos de urgência, que aumentam especialmente no caso das crianças e idosos. No Hospital SMH – Beneficência Portuguesa de Petrópolis, somente em abril, aproximadamente 80% dos pacientes que procuraram o Pronto Atendimento pediátrico eram crianças e adolescentes de até 14 anos com sintomas de gripe e resfriado.
 
As pediatras Flávia Marzullo e Solimar Stumpf, responsáveis pela pediatria do Hospital SMH, explicam que o frio é um facilitador para a ação dos vírus, que se proliferam com mais facilidade em ambientes fechados.
 
“As crianças, que têm o sistema imunológico (de defesa do organismo) imaturo, ficam mais sujeitas às infecções respiratórias, como resfriados, gripes, sinusites e otites, além da piora dos sintomas alérgicos, como asma e rinite, nessa época do ano”, aponta Flávia.
 
O vírus que causa o resfriado é menos agressivo que o da gripe. Segundo as especialistas, a febre é baixa, inferior a 38°C. Há coriza, mas não há comprometimento do estado geral. Porém, em alguns casos a doença pode ser prolongar e causar febre recorrente. Quando a temperatura for de 39°C ou mais, os pais devem procurar atendimento médico imediatamente.
 
O vírus H1N1, responsável pelos casos mais graves de gripe, evolui com febre alta, queda do estado geral e recusa alimentar. O vírus é transmitido por gotículas e permanece até oito horas no ar, portanto, hábitos de higiene, como lavar as mãos com água e sabão ou álcool-gel, além de não compartilhar utensílios, como mamadeiras, chupetas e brinquedos que vão à boca, são indispensáveis.
 
As pediatras recomendam ainda evitar lugares abafados e o contato interpessoal com quem está com sintomas da doença.
 
“O comportamento é um grande alerta e deve ser bem observado. Crianças que não estão aceitando alimentação habitual, que apresentam alteração de humor ou febre alta devem ser levadas ao médico”, completa Solimar.
 
O Pronto Atendimento pediátrico do Hospital SMH – Beneficência Portuguesa, que oferece atendimento 24h todos os dias da semana, foi reaberto em janeiro deste ano com o objetivo de atender a uma necessidade da população identificada nos dois anos em que o serviço ficou suspenso na unidade. Somente nos primeiro trimestre do ano foram feitos mais de 700 atendimentos relacionados a infecções respiratórias. O setor pediátrico inclui ainda internação e atendimento ambulatorial.
 
“Termos toda a infraestrutura necessária e uma equipe de médicos multidisciplinar”, ressalta Flávia. As crianças ficam em uma sala de espera especial, e os espaços para observação e internação são específicos para os pacientes infantis.
 
Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (24) 2231-1244. O hospital fica na Avenida Portugal, nº 236, no bairro Valparaíso, em Petrópolis.
Programação dos filmes em cartaz