Boa noite!           Terça 30/11/2021   18:03
Receba nossos informativos: Nome: Email:
Home > Saúde > Dirofilariose: Novidade Protege Cães contra Doença Comum no Verão
Dirofilariose: Novidade Protege Cães contra Doença Comum no Verão
29/01/2016 - 17:26 - Co​m a chegada do verão e das férias, os animaizinhos são uma preocupação para os donos responsáveis que desejam viajar. Alguns optam por deixar os Pets sob a supervisão consciente de vizinhos, parentes ou amigos.  Outros acomodam os bichinhos em boas hospedagens para animais. Há também aquele grupo de tutores que prefere não se separar dos pets, levando-os nas viagens. Para estes, é importante salientar sobre os cuidados necessários com a saúde do bichinho,  protegendo-o de doenças comuns em determinadas localidades. 

A dirofilariose, também conhecida como verme do coração, é uma zoonose, que ataca preferencialmente cães. Esta enfermidade é muito comum em cidades litorâneas, pois o clima quente favorece a multiplicação das fêmeas dos mosquitos transmissores que, contaminados,  disseminam a doença ao picar animais saudáveis. É muito importante a realização da prevenção, pois o tratamento é demorado e a doença pode matar. 

Em busca de facilitar na proteção contra a patologia, já há uma novidade no mercado desenvolvida pela ciência.  O remédio ProHeart SR-12 é um medicamento injetável muito mais eficaz e prático do que outros métodos utilizados anteriormente contra o verme do coração. 

“Este medicamento injetável atua como repelente no animal por um ano, bastando para isto, ministrar no bichinho uma dose orientada de acordo com o peso”, explica a médica veterinária Laura Granato, da Clínica Veterinária Amigo Bicho,  único local em Petrópolis que oferece o método preventivo. 

A dirofilariose é uma doença  muitas vezes silenciosa, sendo que alguns dos possíveis sintomas que o cãozinho pode apresentar, são  tosse, dificuldade respiratória e intolerância a exercícios. 

O tratamento  é bastante longo, sendo realizado de acordo com a avaliação veterinária e vai depender da severidade da doença já instalada, podendo ir de remédios à cirurgia com objetivo de matar e extrair as larvas que obstruíram os vasos sanguíneos do animal.

Para quem vai se deslocar para a praia, além da prevenção contra a dirofilariose, é fundamental que outros cuidados sejam tomados.

“Para qualquer viagem, a orientação é que o bichinho tenha um atestado de saúde emitido pelo médico veterinário,  principalmente se o traslado for feito de ônibus ou avião”, orienta Laura, acrescentando também que os animais precisam estar com a aplicação de vermífugos e as vacinas atualizadas.

O calor em si já é um rival poderoso, sendo necessário evitar horários mais quentes. “Usar ar condicionado no carro, realizar paradas em viagens longas para os animais fazerem as necessidades e dar água para eles periodicamente são formas de amenizar o desconforto”, recomenda a veterinária. 

A alimentação também é outro ponto importante. “Recomenda-se alimentá-los nos horários mais frescos do dia, com comidas específicas para eles, nada de comidas processadas pois podem sofrer enjoos, diarreia e desenvolver alergias. Animais que enjoam devem a critério do médico veterinário possivelmente utilizar medicamentos para prevenir os vômitos”, finaliza.

(Luciane Fortunatto)

Programação dos filmes em cartaz