Boa tarde!           Terça 30/11/2021   17:47
Receba nossos informativos: Nome: Email:
Home > Saúde > Laboratório alerta Homens sobre Prevenção ao Câncer de Próstata
Laboratório alerta Homens sobre Prevenção ao Câncer de Próstata
7% dos clientes não buscam o resultado do exame PSA

27/11/2015 - 09:42 - O câncer de próstata é o de maior incidência nos homens, mesmo assim muitos ainda não se atentaram para o problema. Nesta semana, de encerramento da Campanha Novembro Azul, o Laboratório Baffi divulgou uma estatística alarmante: cerca de 7% dos homens que realizaram o exame PSA (antígeno prostático específico), entre janeiro e outubro deste ano, não procuraram pelos seus resultados.

“A situação é crítica. Isso significa que esses homens nem retornam ao médico para ao menos saber os seus resultados. É importante fazermos esse alerta porque os homens, naturalmente, são mais displicentes com a saúde e quando diagnosticado e tratado no início, o câncer de próstata tem os riscos de mortalidade reduzidos. Descobrir a doença precocemente por meio dos exames preventivos, que inclui o PSA e o toque retal, é o modo mais seguro para a cura”, alertou o diretor médico do laboratório, Luciano Baffi.

A orientação é a de que o exame seja realizado anualmente, a partir dos 45 anos de idade. Os homens com maior predisposição, ou seja, com histórico familiar de câncer de próstata ou os de raça negra, devem começar a se prevenir a partir dos 40 anos.

Ainda de acordo com Luciano Baffi, deve-se ter em mente que a consulta ao urologista é fundamental pois, em alguns casos, o cliente, por iniciativa própria, faz o PSA e compara o resultado com os valores referenciais. "Quando está em níveis de normalidade o cliente se acomoda e não vai ao urologista para consulta e exame físico, o que gera um grande erro, tendo em vista que um considerável número de doença malígna da próstata é acompanhada com PSA em níveis normais", ressaltou.

O PSA é um exame de sangue usado como ferramenta para o diagnóstico da presença de câncer de próstata. O PSA é uma proteína encontrada no sangue que é específica para a próstata. Os níveis (valores quantificados) de PSA podem ser medidos no soro de um indivíduo e com esta informação é possível fazer uma triagem para o diagnóstico de câncer de próstata. O uso rotineiro deste exame melhorou consideravelmente a condição de diagnosticar o câncer de próstata precocemente, e possivelmente em uma fase mais curável que antes da existência deste exame. Mas, é importante alertar, que o exame de sangue sozinho não é suficiente para o diagnóstico da doença. O toque retal é fundamental para a detecção de alterações na próstata.
Programação dos filmes em cartaz