Boa tarde!           Sexta 22/10/2021   17:24
Receba nossos informativos: Nome: Email:
Home > Música > Sociedade Artística Villa-Lobos apresenta em setembro o Duo polonês Jerzy Milewski e Aleida Schweitzer
Sociedade Artística Villa-Lobos apresenta em setembro o Duo polonês Jerzy Milewski e Aleida Schweitzer

21/09/2015 - 10:33 - A renomada Sociedade Artística Villa-Lobos (SAV) recebe no sábado, dia 26 de setembro, às 17h, no Theatro D. Pedro, em Petrópolis, o consagrado Duo polonês Jerzy Milewski, no violino e Aleida Schweitzer, no piano.

A SAV, que promove concertos de grandes nomes da música clássica em Petrópolis, é a segunda mais antiga do país e colabora para a educação musical do público petropolitano. Tornando-se sócio é possível a assistir a grandes concertos no Theatro D. Pedro, quase sempre no último sábado de cada mês. Este ano a SAV apresentará ainda o imponente Quarteto Guanabara e um relevante concerto de natal. Preços especiais para estudantes e idosos.
 
J E R Z Y  M I L E W S K I -  VIOLINO

Polonês naturalizado brasileiro, Milewski nasceu em uma casa frequentada pelo que havia de melhor nos círculos musicais de Varsóvia. Aos seis anos era aplaudido publicamente como um prodígio, e principiou ali sua carreira internacional de solista. Formou-se na Academia de Música de Varsóvia, onde também obteve o mestrado. Atuou como solista e camerista da Orquestra de Câmara da Filarmônica Nacional da Polônia. Apresentou-se nos mais importantes teatros da Europa, Américas e Ásia. Seu vasto repertório abrange desde os grandes mestres, como Bach, Mozart, Beethoven e Brahms, até a música romântica, moderna e contemporânea. No Brasil realizou trabalhos ao lado de alguns dos nomes mais importantes da música brasileira, como Luis Eça, Paulo Moura, Rildo Hora, Altamiro Carrilho, Sivuca, Francis Hime e outros.

Entre as gravações mais destacadas encontram-se: Música Polonesa e brasileira, Prelúdios Característicos e Concertantes para Violino Só, do compositor mineiro Flausino Vale; As Quatro Estações, de Vivaldi, com a Orquestra da Rádio e TV Polonesa; Três Concertos para Violino e Orquestra de Câmara de Bach, com a Orquestra Amadeus, da Polônia, sob a regência de Agnieszka Duczmal; Música Brasileira para Violino, Violoncelo e Piano, de Claudio Santoro, Ronaldo Miranda, Edino Krieger e outros; Alma Cigana, de músicos ciganos e românticos para violino, entre outras.

Foi responsável, como idealizador e executor, pela implantação dos Concertos Didáticos, com o objetivo de divulgar a música em escolasde 1o. e 2o. graus, universidades, cursos livres e comunidades. Em 1987 foi membro do Juri no Concurso Internacional de Violino Henryk Wieniawski em Poznan, ao lado de violinistas como Szeryng, I. Oistrach, I Handel e outros. Fundou o prêmio Milewski para o melhor classificado violinista polonês durante o concurso. Recebeu, nos EEUU, das mãos de John Rockefeller IV, a medalha "West Virgina Ambassador of Music Among all People".

A L E I D A   S C H W E I T Z E R   PIANO

Natural de Santa Catarina, fez seus estudos no Rio de Janeiro, com Homero Magalhães  e Guerra Peixe. Aperfeiçoou-se na Europa, com Jaap Calenbah, no Conservatório Real de Amsterdã, e Jan Ekier, na Academia de Música de Varsóvia.

Atuou como camerista ao lado de artistas de renome , como Jean Pierre Rampal, Cristina Walewska, Boris Pergamenshikov, Daniel Heifetz, Anatoli Krastev, entre outros. Fundadora de vários corais, atuou como professora nos Seminários de Música da Pró-arte, no Rio de Janeiro. Recebeu o prêmio de "melhor acompanhadora" no concurso internacional de canto , em 1986, no Rio de Janeiro. Gravou, na Polônia, com a Orquestra Amadeus, os Concertos em fá menor e ré menor de Bach. Participa de quase toda a obra fonográfica, e da , atividade artística de Jerzy Milewski. Foi professora na UNI_RIO, na Universidade Federal do Espírito Santo e em "Master Classes" em várias Universidades americanas.

Em 1984 , o governo polonês concedeu-lhe a medalha da Ordem do Mérito da Cultura Polonesa.
 
PROGRAMA
 
Jean Marie Leclair Sonata op. 9 nr. 3
para  violino  e  piano
Unpoco andante
Allegro
Sarabanda
Tamborino
 
Wolfgang Amadeus Mozart Sonata KV 305  nr. 8
para violino e  piano
Allegro  molto
Tema convariazioni
Andante  grazioso
 
Marlos Nobre Poema I  op. 94  nr.1
 
George Gershwin FromPorgy&Bess
para violino e piano
A Womanis a sometimething
It Ain'tnecessarlyso
 
AstorPiazzolaAdiosNonino
Libertango
 
SAV completa 45 anos de atividades ininterruptas graças a tenacidade e esforço de seus fundadores Lourdes Tonaghi, Mariuccia Iacovino e Arnaldo Estrella e de seus sócios.
 
A incansável empresária Myrian Dauelsberg, que junto ao seu filho Steffen dirige a empresa Dell’Arte Soluções Artísitcas, abraçou também a Sociedade Artística Villa-Lobos (SAV), fundada em Petrópolis 1970 por Lourdes Tornaghi, e o casal de musicistas Arnaldo Estrela e Mariuccia Iacovino (sua mãe). A Sociedade Artística tornou-se um símbolo de continuação e persistência em prol da musica clássica na região serrana. Durante estas quatro décadas foram realizados 488 concertos garantindo a presença em Petrópolis de grandes nomes do cenário nacional e internacional. A SAV já promoveu apresentações nacionais e internacionais com artistas como Nelson Freire, Arthur Moreira Lima, Arnaldo Estrela, Quarteto da Guanabara, Sérgio Monteiro, Aleyson Scopel, Luis Fabiano Rabello, Daniel Burlet, Kátia Ballousier, os russos Sergei Dorenski, Nicolay Luganski, Pavel Necerssian e Vadin Rudenko, as violinistas de São Petersburgo, da violinista do Cazaquistão Aiman Mussakhajayeva, da Orquestra de Câmara de Budapeste, entre muitos outros. A Sociedade Artística é considerada a segunda mais antiga do país, tem como um dos seus objetivos, além da apresentação de artistas famosos, abrir espaço para os novos talentos da musica clássica. Em todos os concertos oferece uma cota de ingressos destinada a escolas públicas para formação de novas platéias.
 
SOCIEDADE ARTÍSTICA VILLA-LOBOS – Duo Milewski e Schweitzer
 
Data: 26/09/2015 – sábado, às 17h
Local: Theatro D. Pedro - Praça dos Expedicionários s/n – Centro - Petrópolis
Tel: 24 2235-3833

Capacidade: 480 lugares
Acesso para deficientes

Não possui estacionamento/ Não aceitam cartões
Compra de ingressos somente na bilheteria do local, de quarta a domingo, de 14 às 18h

Ingressos avulsos                              R$ 70,00 (inteira)
Ingressos Meia-entrada                         R$ 35,00 (válido apenas para estudantes e idosos)
 

Programação dos filmes em cartaz