Boa tarde!           Sexta 28/02/2020   16:35
Receba nossos informativos: Nome: Email:
Home > Meio Ambiente > Audiência vai debater situação dos Recursos Hídricos no Município
Audiência vai debater situação dos Recursos Hídricos no Município

11/09/2015 - 16:41 - A Câmara Municipal realiza na próxima segunda-feira, dia 14 de setembro, a partir das 18h30, a Audiência Pública “A água no município de Petrópolis”. O encontro, proposto pelo vereador Silmar Fortes (PMDB), tem o objetivo de debater a atual situação dos recursos hídricos no município.

“Esse debate é realizado em âmbito mundial. Várias instituições como o Green Peace e a Agência Nacional de Águas (ANA) tem apontado a gravidade do problema. Vemos hoje vários estados brasileiros com dificuldades de ter água para consumo em quantidade e qualidade. Municípios passando por desabastecimento, racionamento, e isto se reflete também em nossa cidade. Precisamos discutir o que Petrópolis tem feito para enfrentar essa questão da crise hídrica”, alertou Silmar.

Segundo a conclusão do “Relatório das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento de Água 2015 - Água para um mundo sustentável”, até 2030 o planeta enfrentará um déficit de água de 40%, a menos que seja melhorada substancialmente a gestão desse recurso. O relatório enfatiza a gravidade do tema em âmbito mundial, e a necessidade urgente de mudar a forma como a água é utilizada e gerenciada. O diagnóstico foi lançado no dia 20 de março, em Nova Deli, Índia, em celebração ao Dia Mundial da Água, comemorado em 22 de março.

Silmar destacou a necessidade de discutir amplamente a sustentabilidade ambiental em Petrópolis. “Devemos fazer esse debate local, essa reflexão pensando no futuro da cidade. Vemos hoje um crescimento desordenado no município, estamos trabalhando dentro do Plano Diretor, do Plano Municipal de Saneamento Básico, mas não temos uma agência, ou um conselho que fiscalize, que regule, que monitore as metas. Temos que discutir o consumo de água, o desperdício, e se há planejamento para os mananciais, para o reuso da água. A Casa Legislativa deve assumir o debate em relação à água do município, ao reflorestamento, ao desmatamento, e à educação ambiental”.

“Convidamos várias instituições para discutir esse tema de fundamental importância para a sustentabilidade ambiental, como a concessionária Águas do Imperador, o COMDEMA (Conselho Municipal de Meio Ambiente), a Coppe – UFRJ (Instituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-Graduação e Pesquisa de Engenharia), entre outras. A presença da população é, como sempre, de suma importância, pois o tema é do interesse de todos. As pessoas estão vendo que o volume da água está diminuindo, e algo precisa ser feito”, finalizou Silmar.

Programação dos filmes em cartaz