Boa noite!           Domingo 07/03/2021   20:58
Receba nossos informativos: Nome: Email:
Home > Informações > SESI em Petrópolis oferece programas direcionados para a terceira idade
SESI em Petrópolis oferece programas direcionados para a terceira idade

20/07/2015 - Todo mundo já conhece a importância da prática de atividades físicas. E os benefícios aumentam proporcionalmente com o tempo: quanto mais se pratica durante a vida, menores serão as chances de se desenvolver doenças crônico-degenerativas no futuro. Com o passar da idade, a prática de exercícios se torna ainda mais importante e proporciona melhoras em diversos aspectos.

A população de idosos vem crescendo de forma significativa no mundo e o que parecia ser um problema dos países desenvolvidos vem se reproduzindo por todo o globo. A atividade física aparece como uma forma de permitir que os indivíduos mais velhos tenham mais saúde e se tornem mais independentes.

Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostram que entre os anos de 1990 e 2000, a população de terceira idade no Brasil cresceu 17%. Hoje, o País tem cerca de 20 milhões de idosos e em 2025, esse número deverá passar para 32 milhões de pessoas.

No SESI Petrópolis, a “melhor idade” tem um pacote de atividades diferenciado, que envolve diversas modalidades e áreas do clube. Aulas de hidroginástica, pilates, treinamento funcional, flexionamento e treinamento de força, entre outras são realizadas, mas com exercícios que levam em consideração a limitação dos alunos. As atividades são direcionadas ao combate da obesidade, o surgimento da diabetes, diminuição dos riscos de quedas e de fraturas, risco de doenças cardiovasculares, dores no corpo e outros sintomas que possam aparecer ao longo dos anos, principalmente, nos sedentários.

O aposentado Nilson Farah, 69 anos, passou a acompanhar a esposa Sandra nas aulas de hidroginástica após um acidente vascular cerebral. Por ordem médica, ele se viu obrigado a iniciar as atividades para a recuperação plena da atividade motora. “Se comecei os exercícios por necessidade médica, hoje venho com o prazer de me movimentar e pensar nos benefícios que traz para a minha saúde. Sempre saímos motivados pelas aulas empolgantes e felizes pelo encontro com os amigos” afirma Nilson, que ao lado da esposa frequenta as aulas assiduamente há pelo menos 10 anos.

Ter uma vida saudável depende tanto de uma alimentação balanceada, como da prática regular de exercícios físicos. Esta é a regrinha básica para todas as idades. Porém, quando se chega a uma idade avançada, o corpo perde a agilidade de fazer caminhadas e exercícios, devido ao enfraquecimento dos ossos. Portanto, a atividade física na terceira idade é essencial para quem quer manter uma vida saudável e aumentar sua qualidade e expectativa de vida.

O educador físico Felipe Piobelli Salerno, professor no SESI Clube em Petrópolis, que busca especialização em atividades para a terceira idade, lembra que estudos atuais apontam para um ganho real melhor quando exercícios de academia são realizados. “Cada caso deve ser avaliado separadamente levando em consideração as limitações das pessoas, mas estudos recentes mostram que idosos que possuem restrições ao impacto tem a hidroginástica como melhor opção. Já aqueles que têm um quadro de saúde normal podem obter resultados mais expressivos nos treinamentos de força e flexionamento”, explicou.

A aposentada Solange Melo teve melhoras físicas após o início das atividades na academia. “Não é minha intenção ficar forte ou magrinha, mas manter uma condição saudável e ativa para suportar qualquer limitação que possa vir a aparecer com o passar da idade”, afirma.

Diferente de Solange, o aposentado Manoel Souza, de 69 anos, escolheu a hidroginástica por seus benefícios. “Tenho bronquite e me sinto muito melhor depois das aulas. A água quente e a atividade ajudam muito para combater os sintomas”, disse.

Segundo Piobelli, independente da modalidade escolhida, o importante é que a prática seja feita de 3 a 5 vezes por semana com treinos voltados para a parte neuromuscular devido a perda óssea característica do processo de envelhecimento.

Com dois infartos e um quadro de diabetes provocados por um quadro emocional, Dalva da Conceição Fontes, 73 anos, escolheu a hidroginástica para melhorar a saúde. “Sou uma pessoa ativa, pratiquei atividades, mas iniciei nas aulas de hidroginástica por prescrição médica. Os problemas de saúde me levaram até uma atividade prazerosa. Sempre que faço saio da aula satisfeita, com a alma leve”, conta Dalva, destacando a atenção dos profissionais. “Passam segurança, são serenos e dão atenção aos alunos, mas não deixam de exigir nosso esforço. Não podemos parar de exercitar”, completou.

Cuidados especiais para Terceira Idade

Em Petrópolis, o SESI oferece dois programas direcionados para a terceira idade: um prestigia diversas atividades físicas e treinamentos funcionais e, outro utiliza somente a hidroginástica, esta criada para atender a uma demanda local.

Segundo Miguel Francisco G. Oliveira, chefe do setor de Esporte e Lazer da unidade SESI em Petrópolis, o programa de exercícios para a terceira idade age tanto na aptidão física quanto na esfera psicológica. “É uma forma de integrar as pessoas, estimular novos relacionamentos, dar a sensação de bem-estar, melhorar o humor, diminuir a ansiedade, prevenir a depressão e estimular a memória e a aprendizagem”, afirma. Ele destaca ainda que hoje há um novo perfil na terceira idade, o que ele gosta de chamar de “idoso do século XXI”.

“Atualmente muitos idosos ainda trabalham, são ativos, dinâmicos e menos doentes. Por isso, é importante promover um trabalho preventivo, onde podemos cuidar desse novo perfil social. Entendendo isso ampliamos as atividades e atingimos pessoas a partir dos 50 anos e não somente aqueles com 60 ou 65 anos. A proposta é estimular uma rotina saudável, com a prática de exercícios e, com isso, permitir que essas pessoas tenham qualidade de vida e bem-estar”, disse.

Quem participa do programa passa por avaliação médica preventiva antes de iniciar as atividades físicas e, participa de passeios, eventos, sessões de teatro, além de palestra com médicos e nutricionistas regularmente. Todas as atividades tem a supervisão de profissionais formados em educação física e treinados para orientar os exercícios com segurança.

O programa ainda garante visitas a médicos do SESI a cada quatro meses e a realização de exames rápidos de aferição de pressão, glicemia, peso e altura e acompanhamento dos níveis de saúde.

Programação dos filmes em cartaz