Bom dia!           Segunda 23/05/2022   10:40
Receba nossos informativos: Nome: Email:
Home > Artigos > Automóvel
Automóvel

Antes de viajar, lembre-se.

Limpar bem o parabrisas por dentro e por fora. Nunca é demais limpa-los, pois a sujeira e gordura de dedos dificulta muito a visão durante  aquele periodo de fim de dia, com o sol de frente e a claridade dos farois dos outros carros. Um vidro bem limpo por dentro e por fora lhe dá melhor visão, menos tensão e menos cansaço.

Limpe bem as lentes dos faróis. As paradas no posto não devem ser feitas apenas pela necessidade de combustivel, mas também pela necessidade de se ver bem. A limpeza constante dos farois e parabrisas reduzem os esforços de visão. Também durante o dia é importante limpar os vidros que se sujam com insetos.

Regular bem os faróis pelo menos das vezes durante o ano. Muitos carros vem equipados com regulagem interna da altura do facho dos faróis, mas isso não basta. É necessário regular os refletores lateralmente, para que a luz se dirija aos lugares adequados, não obstruindo a visão dos outros motoristas.

Encher bem em cada parada o depósito de agua do esguicho do parabrisas. Somente agua deve bastar, mas se quiser, há disponivel no mercado alguns produtos a base de detergente que podem ser adicionados para melhorar a capacidade de limpeza.

Reduzir bastante a velocidade antes de acionar os limpadores e esperar que não venham carros de frente. Entre o jato de líquido e a sujeira que se forma, a visão pode ficar reduzida a quase nada durante alguns longos segundos, especialmente durante a noite. Muitas vezes é melhor colocar os limpadores em sua velocidade máxima. Apertar primeiro o esguicho d’agua (quando possível) e depois ligar os limpadores é recomendável para que não arranhar o vidro.

Reduzir a intensidade da luz do painel de intrumentos. Quanto mais luz houver dentro do carro, pior se vê a pista. Em carros que tem essa regulagem, todas as informações podem ser visualisadas com iluminação mínima.

Ligue o farol alto quando em estiver numa reta. O uso apenas do farol baixo lhe dá uma menor visibilidade e maior cansaço. Mas cuidado. Mesmo com muita distância, o uso de farol alto incomoda a visão dos carros a sua frente ou vindo em sentido contrário. Usar o bom senso é a melhor forma de de não incomodar os outros motoristas e não ser incomodado.

Se o carro que vem de frento nos ofusca a visão. A única coisa que podemos fazer é reduzir a velocidade e observar a faixa á direita da estrada, que está mais perto do carro. O instante após a passagem do carro que lhe ofuscou a visão é a pior, pois você está cegado pela claridade. Virar a cabeça um pouco para a direita e fechar o olho esquerdo ajudam a tirar os faróis do carro que nos incomoda do nosso campo de visão o quanto antes.

As luzes dos outros carros são muito úteis como referência para nossa condução noturna. Seguir as luzes do carro a nossa frente a uma distância de 50 metros ajuda mais do que tentar adivinha o traçado das curvas. Mas há que se ter cuidado por muitos motivos. Um dos principais é que em muitas estradas, o que parece reto não é. Habitualmente, ao viajar de noite vê-se carros a uma distância grande, na mesma direção e sentido que o nosso. O motorista vai tranquilo porque acha que o carro longe a sua frente e o seu estão unidos por uma reta.

De repente, encontra-se com uma curva fechada, apenas vista porque você está com o farol baixo ligado para não incomodar exatemente o carro que lhe serviu de referência. Isso é muito frequente. Entre duas retas perfeitamente alinhadas podem haver varias curvas e até vales, cuja estrada ao passar por esses diferentes desvios volta a reta que se via no começo. Os outros carros ajudam como referência, mas convém fiacar atento para a estrada que os separa. Duas retas situadas no mesmo alinhamento nem sempre são unidas uma linha reta.

Programação dos filmes em cartaz