Boa noite!           Quarta 16/10/2019   23:49
Receba nossos informativos: Nome: Email:
Home > Exposições > Exposições que unem Lazer e Cultura são Opção de Programa para esta Última Semana
Exposições que unem Lazer e Cultura são Opção de Programa para esta Última Semana
25/02/2015 - 18:52 - Depois da semana de folia no Carnaverão Imperial, agora é hora  de desfrutar de uma forma bem tranqüila de lazer: a visita a três exposições de artes e artesanato que estão se despedindo do público petropolitano nos próximos dias. Quem ainda não viu, é bom não perder a chance. Oferecidas pela Prefeitura de Petrópolis, por meio da Fundação de Cultura e Turismo, elas têm características especiais, entrada franca e são uma boa opção de programa para a família inteira.
 
No Centro de Cultura Raul de Leoni, além de apreciar o belo, o visitante vai se encantar com a variedade de trabalhos exibidos em duas mostras coletivas, uma delas reunindo artistas de Petrópolis e do Rio. E também poderá aproveitar para adquirir peças decorativas ou utilitárias a preços bem amigáveis. Em Nogueira, a mostra “Djanira 100 anos” permite ao público conhecer o trabalho daquela que é um dos nomes mais importantes das artes plásticas brasileiras no Século XX. Confira as opções:
 
“Dez ao Cubo – Subindo a Serra” – A mostra vai até o sábado, 28, e é composta por trabalhos de pintura, gravura, instalação e escultura tendo o cubo como tema, criados em por 11 artistas petropolitanos e cariocas. O estilo é o neoconcretista, surgido no Rio de Janeiro no final da década de 1950, que produziu nomes bem conhecidos do público, como Lygia Clark e Ligia Pape nas artes visuais, ou Ferreira Goulart, na poesia. Todos os integrantes da exposição estudaram com os mestres do neoconcretismo ou foram diretamente influenciados por eles. Quem exibe os trabalhos na Galeria Van Dijk são Denise Campinho, Fernando Borges, Ilcio Arvellos Lopes, Luiz Carlos de Carvalho, Maria Cherman, Osvaldo Carvalho, Paulo Campinho, Paulo Mendes Faria, Petrillo, Ricardo Pimenta e Roberto Tavares. A visitação pode ser feita das 13h às 18h de terça a sexta-feira, e das 13h às 17h no sábado. O Centro de Cultura fica na Praça Visconde de Mauá, 305 – Centro Histórico.
 
“Artes e Artesanato em Petrópolis” – Reunindo artistas e artesãos, a mostra surpreende pela diversidade de técnicas, criatividade, beleza e sofisticação do artesanato e, principalmente, pelo fato de que todas as peças são ecológicas, produzidas com reaproveitamento de materiais ou com sobras que seriam descartadas por empresas.  Até mesmo as obras de arte. As pinturas a óleo, feitas pelo artista e marceneiro Ivan Klin, são executadas em retalho de tecido sobre sobras de madeira (de sua marcenaria), assim como as molduras. Há cenários miniaturizados, camisetas fabricadas com embalagens pet recicladas e pintadas a mão, bolsas, luminárias, bonecas, variados objetos utilitários e/ou de decoração feitos com materiais que vão do barbante a folhas de jornal e de revista, bobinas de linhas etc. Os objetos expostos têm preços que vão de R$ 15,00 a R$ 450,00 (valor de uma poltrona) e são criações de Andréa Mendes Fernandes, Célia Regina Pinheiro, Dalva Resende Januzzi, Djilma Maria Fernando Estock, Fátima Mendonça, Ivan Kling, Lucimar de Carvalho Pereira Oliveira, Luis Felipe Machado, Luis Mayworm, Maria Elena Ramos Viana de Castro, Maxi Mira Beatriz Dallaporta, Olga Penna, Roseli Caricchio Bagagem, Sandra Kapler Ferreira, Sandra Regina Medeiro de Lauro, Sandro José Mingueiz Ribas, Sônia Regina Moreira da Silva e Teresa Cristina Palma. A exposição pode ser visitada na Galeria Djanira (no Centro de Cultura) até o sábado, 28, das 13h às 18h de terça a sexta-feira, e das 13h às 17h no sábado.
 
“Djanira 100 anos” – A mostra, no Centro Cultural Estação Nogueira (CCEN), comemora o centenário de nascimento da pintora, gravadora, ilustradora e cenógrafa brasileira de projeção internacional. É composta por 29 placas de acrílico que reproduzem telas pintadas pela artista, além de um banner com matérias colhidas em revistas e jornais, um livro sobre sua vida e obra e alguns postais que reproduzem suas telas. As imagens pintadas por Djanira agradam a pessoas de qualquer idade ou classe social, retratando cenas bem brasileiras em cores alegres. Além de prazerosa de ser ver, a exposição é uma grande oportunidade de enriquecimento cultural para crianças e adultos. Vai até domingo, 1º de março, e poderá ser visitada de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h; no domingo das 9h às 13h. O endereço é Praça de Nogueira, s/nº. Tel: (24) 2237-3860.
 
Programação dos filmes em cartaz