Boa tarde!           Sexta 28/02/2020   16:14
Receba nossos informativos: Nome: Email:
Home > Meio Ambiente > Comandante do CBA Serrana visita Secretaria de Proteção e Defesa Civil
Comandante do CBA Serrana visita Secretaria de Proteção e Defesa Civil
20/01/2015 - 18:18 - O novo comandante do Comando do Bombeiro da Área Serrana (CBA Serrana), coronel Flávio Luiz de Castro, esteve nesta terça-feira (20/1) na Secretaria de Proteção e Defesa Civil, conhecendo os trabalhos do órgão. Flávio Luiz assumiu o cargo na última quinta-feira (15/1) e acredita que manterá uma relação de parceria com a Secretaria de Proteção e Defesa Civil nas ações de prevenção de desastres das chuvas e de queimadas. O CBA Serrana tem 11 unidades e cerca de mil militares atuando.

O secretário de Proteção e Defesa Civil, Rafael Simão, mostrou ao comandante o funcionamento do Centro de Operações (Ceop) do órgão, onde agentes acompanham em monitores os índices pluviométricos e os radares meteorológicos e registram as ocorrências feitas por moradores pelo telefone 199. Em seguida, Simão fez uma apresentação das principais ações da Defesa Civil desde 2013, na prevenção e na resposta a desastres das chuvas.

“Eu vim para o comando do CBA com as atenções voltadas  para a prevenção. Todos os trabalhos que fiz nos Bombeiros foram nesse sentido. Tenho percebido que as pessoas gostam muito de trabalhar na resposta a desastres, mas temos que mudar essa cultura. O foco tem que ser na prevenção. Aqui na Defesa Civil eu vi que vou encontrar um eco muito grande nessa atuação. Além disso, vi que é um órgão extremamente técnico. Sei que muitas Defesas Civis atuam ainda de forma amadora, enquanto, em Petrópolis a Defesa Civil tem nível de excelência”, disse o coronel Flávio Luiz.

Simão mostrou ao comandante que, desde janeiro de 2013, a Secretaria de Proteção e Defesa Civil capacitou mais de 500 voluntários em Núcleos Comunitários de Defesa Civil (Nudecs) instalados em 54 comunidades. Esses moradores aprenderam noções básicas de prevenção a desastres das chuvas e o que fazer para deixar sua casa mais segura em relação às chuvas fortes. Neste período, a Defesa Civil distribuiu mais de 60 mil panfletos e cartilhas com dicas de prevenção nas comunidades. Outro trabalho mostrado foi o teste mensal das sirenes, realizado todo dia 10, para que os equipamentos estejam disponíveis quando o município precisar. Simão falou também sobre o Plano de Contingência de Petrópolis, que define o que cabe a cada órgão em um desastre natural, entre eles o Corpo de Bombeiros. O Plano foi apresentado em 2013, pela primeira vez sob a forma de tabelas, e colocado em prática em um exercício simulado de mesa em 2014.

“Temos uma relação de parceria muito importante com os Bombeiros, tanto nas ações de resposta quanto nas de prevenção a desastres das chuvas e a queimadas. Como determinou o prefeito Rubens Bomtempo, vamos cada vez mais fortalecer essas parcerias com outros órgãos para deixar Petrópolis cada vez mais segura em relação às chuvas. Já avançamos muito nesse sentido nos últimos dois anos. Com a participação da população e de outros órgãos, como é o caso do CBA Serrana, poderemos continuar avançando”, disse o secretário Rafael Simão.

Programação dos filmes em cartaz