Bom dia!           Domingo 15/12/2019   06:16
Receba nossos informativos: Nome: Email:
Home > Entretenimento > Eventos Variados > BUNKA-SAI começa com dança BUTOH
BUNKA-SAI começa com dança BUTOH
06/08/2014 - 15:16 - Começa nesta sexta-feira o Bunka-Sai, a festa japonesa de Petrópolis. Mas antes mesmo da abertura oficial, o público já estará envolvido com o clima das artes japonesas, através da Oficina de dança Butoh que acontece no Theatro D. Pedro, nesta quinta-feira, dia 07, das 14h às 19h. O professor e bailarino Alain Alberganti comanda esta primeira atração que tem entrada franca. A festa da cultura nipônica é uma realização da prefeitura, através da Fundação de Cultura e Turismo, em parceria com a Associação Nikkei de Petrópolis e o apoio do Instituto Cultural Brasil Japão.

Expressão artística do Japão contemporâneo, o butoh é uma dança surgida no pós-guerra – década de 1950 – que ganhou o mundo na década de 1970. Criada por Tatsumi Hijikata e Kazuo Ohno, quebra regras pré-estabelecidas da dança tradicional, abrindo espaço para o improviso. Mistura elementos do teatro tradicional japonês e da mímica com as influências ocidentais dos movimentos de vanguarda na arte, como o expressionismo e o surrealismo, e seus movimentos buscam a expressão dos conteúdos internos do bailarino. Baseia-se na introspecção do dançarino e abertura para o mundo, mexendo com temáticas universais.

Além dos movimentos de vanguarda européia, seus criadores também se inspiraram nas danças japonesas Nô e Bugaku. Assim, a dança Butoh expressa o sentimento universal, a verdade nua e crua do ser humano de qualquer nacionalidade. Tanto para o bailarino quanto para a platéia, esta forma de arte faz com que as máscaras sociais sejam arrancadas e cada um seja brutalmente desvendado, levando ao desconforto que obriga o ser humano a buscar seu verdadeiro eu. Desta forma é que se compreende o intento de seus criadores de que ela não seja apenas uma dança, mas uma filosofia.

Alain Alberganti é diretor, performer e professor de teatro e dança em universidades cariocas e escolas especializadas, como a de Angel Vianna. Doutor em Estética (Teatro e Dança) pela Universidade Paris 8 (França), aprendeu ali, em estudos avançados, as técnicas da dança butoh no estilo de Min Tanaka. Estudou no Japão com Kazuo Ohno, um dos criadores dessa dança e apresentou um espetáculo em Paris, com a bailarina japonesa de butoh Maki Watanabe. Além da oficina de Butoh no teatro, ele apresentará no Palácio de Cristal o espetáculo “Obriga(t)o Kazuo”, uma performance desta dança criada especialmente para a festa japonesa deste ano. O espetáculo vai homenagear seu mestre Kazuo Ohno, abordando temas como feminilidade, a vida como pulsação misteriosa e o espaço como espírito do lugar. Mais informações através do disque turismo: 0800 024 15 16 e através do site www.petropolis.rj.gov.br

Programação dos filmes em cartaz