Bom dia!           Segunda 17/02/2020   10:18
Receba nossos informativos: Nome: Email:
Home > Meio Ambiente > Defesa Civil dá Início à Série de Demolições de Imóveis
Defesa Civil dá Início à Série de Demolições de Imóveis
14/11/2013 - 17:35 - A secretaria de Defesa Civil iniciou nesta quinta-feira (14/11) o programa de demolição de uma série de construções que causavam riscos aos moradores e vizinhança. Todos os imóveis foram atingidos pelas chuvas de março e seus moradores contemplados com o Aluguel Social. A autorização para a demolição também foi formalizada pelos proprietários. As demolições serão realizadas por uma empresa contratada pela Prefeitura para fazer o desmonte de até 1.840 metros quadrados de construções. A ação está sendo coordenada pela Secretaria de Proteção e Defesa Civil, que já deu início ao programa no Quitandinha e no Bataillard. Estão ainda previstas demolições no Alto Independência, Estrada da Saudade, São Sebastião e Valparaíso.

Três casas germinadas na Rua Piauí, no Quitandinha, com uma área total de 136,80 metros quadrados, e uma na Rua João Balter, no Bataillard, de 52 metros quadrados, já começaram a ser demolidas. O diretor operacional da Secretaria de Proteção e Defesa Civil, Ramon Camilo frisou que a ação é mais uma medida da Prefeitura para reduzir os riscos de desastres das chuvas em Petrópolis.

“A Defesa Civil realiza esse trabalho para tornar as comunidades mais seguras. As demolições têm um sentido de retirar a ameaça que essas construções representam para casas vizinhas. Os imóveis que vão ser demolidos têm estruturas abaladas e apresentam baixo padrão construtivo”, disse Ramon Camilo.

Os recursos – cerca de R$ 386 mil – são do Ministério da Integração e fazem parte do total de R$ 8 milhões enviados pelo governo federal após as chuvas de março. A verba foi utilizada para a desobstrução de vias e para o pagamento do Aluguel Social durante seis meses para 500 famílias atingidas pelo desastre.

A Defesa Civil orienta que a população, em obras e construções, contrate técnicos responsáveis, como engenheiros e arquitetos, além de buscar a autorização da Prefeitura. Essas medidas são uma garantia de segurança para o morador, já que assim ele saberá se pode ou não construir em um determinado terreno.

Programação dos filmes em cartaz