Boa noite!           Domingo 15/12/2019   19:32
Receba nossos informativos: Nome: Email:
Home > Caderno Cultura Netpetropolis > Sesc Quitandinha inaugura a exposição “Lugar Comum” com obras de 16 artistas petropolitanos
Sesc Quitandinha inaugura a exposição “Lugar Comum” com obras de 16 artistas petropolitanos

26/12/2012 - A mostra coletiva, sobre a Cidade Imperial, reúne esculturas, fotos, vídeos, pinturas,desenhos e instalações
 
Mostrar lugares, vivências e perspectivas diferenciadas de Petrópolis, a partir da percepção de 16 artistas, tendo como elo a arte contemporânea. Essa é a ideia central da mostra inédita “Lugar Comum”, que reúne esculturas, fotos, vídeos, pinturas, desenhos e instalações sobre a Cidade Imperial, lugar que é comum a todos os artistas que participam da coletiva.

A exposição pode ser visitada no Sesc Quitandinha, polo de cultura e lazer na Região Serrana, de 22/12/2012 a 17/2/2013, de terça a sábado, das 10h às 17h, e aos domingos e feriados, das 10h às 16h. A curadoria é de Marcelo Campos. A entrada é gratuita. A classificação é livre.
 
Cada um dos 16 artistas explora um lugar imaginado, fantasiado, resgatando elementos da memória. O curador Marcelo Campos explica que durante a escolha dos artistas procurou congregar grupos diversificados, ativando a ideia de comunidade, agregando sujeitos a um lugar comum.
 
– No processo de escolha dos trabalhos, percebemos fatos recorrentes. Destacamos três elementos que se apresentam nas obras expostas: o corpo, a casa e a cidade. Vemos, como uma grande colagem, o corpo exibir-se em afetos, em extensões, em tarefas e metamorfoses. Ao mesmo tempo, a casa, seus mobiliários e utensílios são rótulos de produtos afetivos. Mas vemos, sobretudo, a presença da cidade, em ruas, placas de cimento, em imagens aéreas, na arquitetura desequilibrada de basculantes e em construções de maquetes – ressalta Marcelo Campos.
 
O curador acrescenta que o filósofo Aristóteles se dedica a definir o conceito de lugar. “O lugar, segundo ele, não é indeterminado, mas, ao contrário, é uma propriedade de corpos, de sujeitos que o ocupam e o vivenciam. Com isso, ampliando muito o que conhecemos como matéria, fisicalidade, o que prevalece, na definição de lugar, são as sensações e sentimentos do corpo sobre o espaço”. Portanto, o lugar define-se como um modo de estar.
 
– Percebemos que Petrópolis se apresenta como lugar imaginado, não somente como “modo de estar”, ativando a necessidade de se projetar ao futuro. A memória só se constitui no momento presente e só vale, só permanece esboçada, para um tempo que ainda está por vir – explica Campos.
 
Artistas participantes:
 
Artista: Adriane Guimarães
Obras: Banho de Luzes e Coroa de Louros
Descrição: Instalação
 
Artista: Andréa Brown
Obra: Sombra
Descrição: Instalação
 
Artista: Carolina Ponte
Obra: Sem título
Descrição: Crochê em moldura de madeira
 
Artista: Cláudio Partes
Obra: Série Refúgio - Edifício -Rua 16 de março
Descrição: Tela de fotografia emoldurada
 
Artista: Cláudio Partes
Obra: Série Refúgio - Casa - Vila Catarina
Descrição: Tela de fotografia emoldurada
 
Artista: Fernanda Lago
Obra: Acertando o quê?
Descrição: Fotografia – Pintura Digital
 
Artista: Glaucia Mayer
Obra: Picumã Pelúcia 2011
Descrição: Cerâmica esmaltada, cabelo sintético e pérolas.
 
Artista: Jarbas Paullous
Obra: Sem título
Descrição: Instalação
 
Artista: Katharina Welper
Obras: Fóssil I
Descrição: Pintura
 
Artista: Katharina Welper
Obras: Fóssil II
Descrição: Pintura
 
Artista: Katharina Welper
Obra: Fóssil III
Descrição: Lista telefônica
 
Artista: Luiz Aquila
Obra: Associação mais ou menos Livre 2012
Descrição: Quadro
 
Artista: Marcelo Lago
Obra: Sonda Amarela 3
Descrição: Escultura
 
Artista: Maria Laet
Obra: Notas sobre o limite do mar, 2012
Descrição: Vídeo
 
Artista: Nelson Ricardo
Obra: Projeto Iô-Iô
Descrição: Instalação com 2 vídeos
 
Artista: Pedro Lago
Obra: Sem Título
Descrição: Fotografia sobre PVC
 
Artista: Pedro Varela
Obra: Sem título
Descrição: Instalação – Maquete de uma cidade de papel
 
Artista: Rosa Paranhos
Obra: Desenhos sobre a série “Sleeping”
Descrição: Três desenhos enquadrados em uma caixa
 
Artista: Paulo Mendes Faria
Obra: Esculpintura De.Cor.Ativa – OBELISCO 2012
Descrição: Instalação de parede
 
Serviço
Exposição de arte contemporânea “Lugar Comum”
Coletiva com 16 artistas
Curador Marcelo Campos
Período: 22/12/2012 a 17/2/2013 – de terça a sábado, das 10h às 17h; domingos e feriados, 10h às 16h.
Local: Sesc Quitandinha, Av. Joaquim Rolla, 2, Petrópolis
Informações:  (24) 2245-2020
Grátis
Classificação: Livre

Programação dos filmes em cartaz