Boa tarde!           Segunda 14/10/2019   12:49
Receba nossos informativos: Nome: Email:
Home > Alerj Informa > Alerj quer documentação sobre indenizações pagas
Alerj quer documentação sobre indenizações pagas
Marcus Vinícius solicitou ao Inea acordos firmados com os moradores

12/09/2012 - 18:18 - O deputado Marcus Vinícius (PTB) está requisitando ao Instituto Estadual de Ambiente (Inea) a documentação referente à indenização das famílias que perderam as suas casas no Vale do Cuiabá em locais considerados pelo órgão como áreas de exclusão que não poderão ser mais habitadas. Pelo menos 20 famílias, vítimas das chuvas de janeiro de 2011, teriam assinado acordo com o governo estadual, mas ainda não teriam recebido os valores.

Cerca de 340 famílias que viviam nas margens do Santo Antônio foram retiradas, segundo o Inea. Em seis meses, já teriam sido pagos R$ 14,5 milhões como compensação financeira pela realocação das famílias.

- Moradores estão pedindo ajuda ao Ministério Público Federal e cabe à Alerj, como fiscalizadora do Executivo, verificar se as indenizações estão realmente chegando aos moradores. Há reclamações de que os documentos foram assinados sem que constasse o prazo para o pagamento dos recursos. Alguns moradores dizem que assinaram os acordos há oito meses e não conseguiram receber", afirma Marcus Vinícius que é relator da Comissão de Representação instituída pela Alerj para acompanhar as ações do poder público para a recomposição das áreas afetadas pelas
chuvas de 2011.

O governo do Estado reviu, no início do ano os valores das indenizações tomando por base o valor médio dos imóveis do programa Minha Casa, Minha Vida, o que estimulou os moradores da região a buscarem os acordos indenizatórios. "A vida dessas pessoas mudou drasticamente. É preciso celeridade para que eles recebam os recursos e possam reiniciar suas vidas", completa Marcus Vinícius.


22 pontes construídas até o final do ano

A Secretaria de Estado de Obras  garantiu nesta quarta-feira (12/09),na Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), em reunião da Comissão de Representação, que 22 pontes na Região Serrana serão erguidas até dezembro. Outras 45 estruturas serão reconstruídas pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER-RJ). No total, o Estado investirá, apenas em pontes, R$ 105 milhões. Em fase de apresentação dos projetos e licitação, estão previstos R$ 81 milhões para a contenção de encostas.

- No caso de encostas, pontes e nas margens dos rios, a maior preocupação é das obras estarem concluidas antes das próximas chuvas de verão. Os órgãos responsáves vem garantindo que estarão prontas no prazo, mas vamos acompanhar", afirma Marcus Vinícius.


Programação dos filmes em cartaz