Boa tarde!           Domingo 16/06/2019   15:33
Receba nossos informativos: Nome: Email:
Home > Notícias > Prêmio Alceu Amoroso Lima: Padre Ricardo Rezende será um dos homenageados
Prêmio Alceu Amoroso Lima: Padre Ricardo Rezende será um dos homenageados
17/11/2011 - 14:26 - O nome está incluído na lista dos marcados para morrer por defender o direito à terra. O padre Ricardo Rezende está entre as personalidades que serão agraciadas pelo Prêmio Alceu Amoroso Lima – Direitos Humanos – 2011: uma realização da Universidade Candido Mendes e do Centro Alceu Amoroso Lima para a Liberdade (CAALL). O evento acontece no dia 23 de novembro, às 18h na sede da UCAM.

O padre Ricardo viveu 20 anos no sul do Pará. Em 1976 chegou para conhecer e em 10 de maio de 1977 decidiu morar. Ficou 12 anos em Conceição do Araguaia e depois mais oito anos em Rio Maria. Ele luta pelo direito dos trabalhadores rurais à terra e pelo fim do trabalho escravo. Fundou e participa de instituições como o Comitê Rio Maria e a Ong Movimento Humanos Direitos. 

“Sinto-me muito honrado com o Prêmio Alceu Amoroso Lima. Ele era a minha referência na juventude, como autor, como cristão e como defensor dos direitos humanos. Nos tempos da ditadura, lembro que aguardava ansiosamente a sua coluna. Alceu era uma figura singular e extraordinária. Um farol em tempos sombrios. Por isso receber o prêmio é um privilégio”, disse o padre.

Ricardo Rezende, que tem um conhecimento profundo sobre uma das mais enraizadas questões nacionais: a violência no campo, disse ainda que o prêmio não é apenas singular: “É plural porque não milito sozinho. Participo de grupos que me nutrem na esperança e no compromisso. Ao receber o prêmio sei que estas dos diversos grupos que acompanho e dos quais faço parte, participam também da mesma homenagem”.

O PRÊMIO ALCEU AMOROSO LIMA foi instituído em 1983 e é conferido, anualmente, nos anos ímpares a pessoas, organizações, instituições, grupos que se destacam na luta pela justiça, pela paz, pelos direitos humanos fatores fundamentais para termos garantidas a construção de uma sociedade menos desigual e mais fraterna. Nos anos pares, o prêmio é outorgado a poetas que tratam do tema.

A seleção dos indicados é feita pelo GT Alceu Amoroso Lima que tem entre os integrantes os professores Candido Mendes, Plínio de Arruda Sampaio, jornalistas Zuenir Ventura e Luiz Paulo Horta.

Além do padre Ricardo Rezende, também serão agraciados post mortem a doutora Zilda Arns Neuman, ícone da Pastoral da Criança e da Pastoral da Pessoa Idosa, além do casal de ambientalistas, José Cláudio Ribeiro da Silva e Maria do Espírito Santo, assassinados este ano no Pará. 

Priscila Morada 

Programação dos filmes em cartaz