Boa tarde!           Quinta 20/02/2020   12:06
Receba nossos informativos: Nome: Email:
Home > Meio Ambiente > Região Serrana poderá perder, permanentemente, Áreas de Cultivo
Região Serrana poderá perder, permanentemente, Áreas de Cultivo
15/03/2011 - 20:00 - Lavouras devastadas, falta de pontes e estradas, ausência de maquinário, novas formações de rios, falha na distribuição do aluguel social e descaso com regiões isoladas. Esses foram os principais problemas encontrados pela Comissão de Agricultura, Pecuária, Políticas Rural, Agrária e Pesqueira da Assembléia Legislativa do Rio (Alerj), presidida pelo deputado Rogério Cabral (PSB), durante a vistoria realizada nesta terça-feira (15/03) nos municípios de Nova Friburgo, Teresópolis e Sumidouro, na região Serrana. A vistoria contou também com a presença de técnicos especializados em análise de solo. O presidente da Associação dos Engenheiros Agrônomos do Estado do Rio de Janeiro (Aearj), Sérgio Cenci, avaliou a situação. "Pelo nível de destruição do solo nós podemos observar que foi uma tragédia e as intervenções vão ter que ser diferenciadas. Vamos ter que repensar a ocupação e o uso do solo agrícola, tendo em vista essa destruição toda. Existem áreas destruídas que talvez nunca mais possam ser utilizadas para o cultivo. Vamos ter que buscar tecnologias para o aumento da produtividade em áreas menores", afirmou Sérgio.

O presidente da comissão anunciou que fará um relatório detalhado que será encaminhado aos órgãos municipais, estaduais e federais na busca de soluções imediatas para os problemas causados pelas fortes chuvas do início do ano. "Nós vamos fazer um documento de todo esse trabalho realizado hoje e vamos encaminhar ao presidente da Alerj, deputado Paulo Melo (PMDB). Além disso, vamos encaminhar o relatório às secretarias de governo, ao Instituto Estadual do Ambiente (Inea) e a Empresa de Obras Públicas do Estado do Rio de Janeiro (Emop). Precisamos melhorar a dragagem dos rios e fazer o que for preciso para conseguir a ajuda necessária para amenizar todo o sofrimento destas famílias", comentou Rogério Cabral, que lembrou ainda da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investiga os culpados pela tragédia. "Sem dúvida todo esse levantamento feito no dia de hoje também vai ajudar a orientar os trabalhos da CPI da Região Serrana", disse Cabral.

O presidente da Associação dos Plantadores de Morango de Friburgo, Darci da Silveira Condack, de 61 anos, do distrito de Campo do Coelho, lamentou seu prejuízo e de seus colegas. "Mais de 60% de toda produção de morango da região acabou. Três produtores perderam 100% da produção. Foram cerca de R$ 200 mil de prejuízo. Nós temos contratos com consumidores e esta relação comercial vai acabar, pois ele vai procurar outro produtor”, explicou Darci. Durante a vistoria à região de Vieiras, distrito do município de Teresópolis, o deputado Rogério Cabral falou sobre o tamanho da tragédia para o homem do campo. "Aqui em Vieiras nós temos uma demonstração do que aconteceu em várias localidades. Essa é uma região onde tínhamos uma plantação de diversas folhagens e hoje virou uma praia de areia, com pedras e árvores espalhadas pelo chão. Enfim, esta é uma área que se não passar por um bom trabalho de recuperação nunca mais teremos plantio nenhum. E isso aconteceu nos municípios de Friburgo, Teresópolis e Sumidouro. Esse é o grande cinturão verde de produção do nosso estado. E a chuva atingiu também, Bom Jardim, Areal e São José do Rio Preto, mas o mais forte foi aqui", analisou o parlamentar.

O deputado João Peixoto (PSDC) lembrou de alguns problemas que precisam de soluções imediatas. "Observamos algumas coisas que não podemos admitir. Temos máquinas paradas a mais de um mês e lavouras acabando porque não temos caminhos para escoar a produção, por conta da falta de estradas e pontes. Precisamos dar direção aos investimentos. Vamos procurar novamente o secretário de Estado de Agricultura, Christino Áureo, para expor estas dificuldades", analisou Peixoto.


(texto de Raoni Alves)

Pedro Motta Lima - Ascom da Alerj

Programação dos filmes em cartaz