Boa noite!           Sábado 22/02/2020   01:26
Receba nossos informativos: Nome: Email:
Home > História > Decreto de Construção Estrada União e Indústria
Decreto de Construção Estrada União e Indústria

O Decreto Imperial nº 1031, de 07.08.1852, concedeu autorização a Mariano Procópio Ferreira Lage para a construção da Estrada União e Indústria.....
Partindo das margens do rio Paraíba, devia atingir Barbacena e Barra do Rio das Velhas, ramificando-se para o Município de Mar de Espanha com destino a Ouro Preto, então capital da Província de MG, e para São João del Rey.

 Em 25.09.1854, a Lei Provincial nº 51 concedeu ao mesmo Mariano Pr. Fer. Lage, licença para a construção de uma estrada de carros que, partindo de Petrópolis, se dirigisse à margem do rio Paraíba, complementando o Decreto nº 1031, pois estabelecia que o ponto terminal dessa estrada seria a vila de Paraíba, de onde partiria a estrada para a Província de MG. A ligação de Petrópolis com a Corte já se fazia pela Estrada Nornal da Estrela.

Em 12.04.1856 o Imperador e a Imperatriz inauguraram os trabalhos de construção da Esrada U.I., num barracão à Rua Dona Maria II (atual Av. Tiradentes), que começaram no dia seguinte, junto à ponte da E.F.Grão Pará, no Palatinado, sendo engenheiro-chefe Antonio Maria de Oliveira Bulhões. A 18.04.1858, atingia Pedro do Rio com 5 léguas de percurso; a 28.04.1860 chegava á Posse com mais 2 léguas e meia, atravessando a Serra do Taquaril; a 23.06.1861 inaugurou-se o trecho de Petrópolis a Juiz de Fora, com 144 kms. de extensão. A estrada tinha as seguintes características: 6ms. de largura, valetas laterais de alvenaria, revestimento de pedra britada, comprimida e ensaibrada, rampas máximas de 55 e raios de curvas amplos, assim como as pontes da Garça, sobre o Paraíba, e de Serraria, sobre o Paraibuma, além de vários locais de muda.

 
A construção da U.I. foi contemporânea à da estrada de ferro entre o Porto de Mauá e a Raiz da Serra da Estrela, inaugurada em 30.04.1854, em seu primeiro trecho, ligando Fragoso ao Porto de Mauá (EFdo Grão Pará).
 
 
 
Fonte: Phillipe Guedon/Prof. Áurea Mª. de Freitas Carvalho
Programação dos filmes em cartaz