Bom dia!           Tera 23/07/2024   09:33
Receba nossos informativos: Nome: Email:
Home > Entretenimento > Eventos Permanentes > Peças teatrais com as atrizes Camila Morgado e Zezé Polessa são alguns dos destaques da programação de Artes Cênicas do 22º Festival Sesc de Inverno
Peças teatrais com as atrizes Camila Morgado e Zezé Polessa são alguns dos destaques da programação de Artes Cênicas do 22º Festival Sesc de Inverno
Peças teatrais com as atrizes Camila Morgado e Zezé Polessa são alguns dos destaques da programação de Artes Cênicas do 22º Festival Sesc de Inverno

08/07/2024  - 08:15 - O 22º Festival Sesc de Inverno se aproxima e traz, neste ano, uma pluralidade de peças teatrais, exposições, intervenções e oficinas de 12 a 28 de julho, em 24 localidades do estado do Rio de Janeiro – a maior edição de todos os tempos. Baseado na multiplicidade do Brasil, o conceito do evento buscar resumir, a partir do acróstico “P-L-U-R-A-L” (P, de povos, L, de lugares, U, de união, R, de raízes, A, de artes e L, de linguagens) toda a riqueza cultural existente no país por meio de recortes artísticos em suas principais vertentes: cênica, visual, literária, musical e audiovisual. A programação contará com apresentações teatrais, de dança e circo, com entrada gratuita ou a preços populares.

Entre os destaques do calendário teatral estão as peças “A Falecida”, “Nara” e “Sobrevivente”. “A Falecida” tem no elenco Camila Morgado, Thelmo Fernandes, Stela Freitas, entre outros, e conta a história da tuberculosa Zulmira, que sonha com um enterro de luxo para causar inveja à vizinhança. Ela pede ao marido Tuninho que procure o rico Pimentel para que pague o enterro. Tuninho descobre que Pimentel era amante de Zulmira. O marido traído arranca dinheiro de Pimentel e dá à Zulmira um enterro de cachorro. As apresentações serão encenadas no Teatro do CCSQ (14/07, às 18h) e Teresópolis (28/07, às 19h30), com classificação etária de 16 anos.

A peça “Nara” tem como protagonista a atriz Zezé Polessa, e é escrita e dirigida por Miguel Falabella. Ao longo de toda a sua trajetória, a cantora Nara Leão (1942-1989) assumiu um compromisso intenso com a liberdade e se eternizou como uma das grandes personalidades brasileiras do século passado. Zezé Polessa revive agora o mito desta mulher pioneira, que marcou época, quebrou tabus, lançou modas e esteve no centro de movimentos como a Bossa Nova, o Tropicalismo, os grandes festivais, o resgate do samba e as canções de protesto durante a ditadura militar. O público poderá assistir ao espetáculo no Teatro do Nova Friburgo Country Clube (26/07, às 20h, classificação livre).

A peça “Sobrevivente” conta a história de Nena Inoue, uma descendente de japoneses, que descobre indícios de sua origem indígena e reconstrói, por meio do teatro documental, o caminho das pegadas do caminho, atravessadas por documentos-denúncia da história de seus ancestrais, o que estabelece conexões diretas com o público e provoca reflexões sobre a ancestralidade de cada um. O espetáculo tem dramaturgia e direção do amazonense Henrique Fontes, e integra a "Trilogia para adiar o fim", iniciada por Nena Inoue com a peça "Para Não Morrer", que conquistou o Prêmio Shell de atriz. As apresentações acontecem no Teatro das unidades Teresópolis (26/07, às 19h30) e Nova Friburgo (27/07, às 19h), com classificação etária de 12 anos. A entrada para cada uma das três peças é de R$10 (inteira), R$5 (meia-entrada para casos previstos por lei, estendida a professores e classe artística mediante apresentação de registro profissional, e programa Mesa Brasil), e gratuito (credencial plena Sesc e público PCG).

Na parte circense, o público poderá conferir diversas apresentações pra lá de animadas! “Aquarela”, do Circo Teatro Saltimbanco, é um espetáculo repleto de cores, luzes e o brilho da arte circense, e será encenado em Piabetá (13 e 14/07, às 15h) e Penedo (27/07, às 16h40, e 28/07, às 18h30, no Campo de Penedo).

“Big Bang”, inspirado na conhecida teoria, conta de maneira imagética o início e desenvolvimento da Terra, a partir de um pequeno ponto muito denso e quente. Para ilustrar a narrativa, diferentes equipamentos de fogo se combinam com coreografias únicas, explorando malabarismos, acrobacias, equilíbrios e efeitos ilusionistas, com música ao vivo reverenciando os ritmos brasileiros em uma mistura de sons e sensações únicas. As apresentações ocorrem em Piabetá, na Arena Magé (13 e 14/07, às 19h); em Teresópolis, na Praça Olímpica (25/07, às 19h); Nova Friburgo Country Clube (26/07, às 19h) e no Parque de Itaipava (27/07, às 21h40, e 28/07, às 20h15).

Em “Manotas Musicais”, os palhaços Benedita Jacarandá e Sabonete levam o público a uma jornada recheada de humor, diversão e muitas surpresas, em apresentações nas unidades de Nova Friburgo (14/07, Quadra, às 16h) e CCSQ (21/07, Teatro, às 16h). E o show "Yo-Yo" traz um personagem excêntrico, que com sua mala buscará a atenção dos espectadores para que possam sentir a criança que há dentro de cada um, brincando apenas pelo prazer de brincar. As apresentações acontecem em Três Rios (12/07, Praça São Sebastião, às 11h), Casimiro de Abreu (13/07, Praça Feliciano Sodré, às 15h) e Silva Jardim (14/07, Praça Amaral Peixoto, às 15h).  Todas as atrações são gratuitas.

Na parte da dança, vale destacar a “Dança Materna para Mães e Bebês de Colo e Engatinhantes”, a partir de um mês até 15 meses. A Dança Materna é um projeto de atenção integral à mãe e ao bebê, desde a gestação até os três anos de vida. A aula traz um olhar para a experiência estética e cuidados com a mulher no pós-parto e com o bebê, sob os aspectos físicos, emocionais, do vínculo com a mãe e da interação e das brincadeiras entre ele e outros bebês. O momento da dança é o auge nesta teia de sentidos e relações. Haverá um limite de 45 participantes no total, podendo ser 15 bebês com pais e mães. A atividade é gratuita e acontecerá nas unidades do CCSQ (13/07, Sala das Crianças, às 11h) e Teresópolis (14/07, Sala do Corpo, às 11h).

Em breve, a programação completa poderá ser conferida no site www.sescrio.org.br.

Confira as cidades/localidades que receberão o Festival Sesc de Inverno 2024:

Petrópolis
Teresópolis
Nova Friburgo
Itaipava (Petrópolis)
Valença
Grussaí (São João da Barra)
Tanguá
Porciúncula
Casimiro de Abreu
Magé (Piabetá)
Sana (Macaé)
Búzios
Vassouras
Barra de São João (Casimiro de Abreu)
Três Rios
Itaperuna (Raposo)
Penedo
Cabo Frio
Miguel Pereira
Silva Jardim
Cardoso Moreira
Campos do Goytacazes
São Gonçalo
Rio das Ostras

Rosana Rios
Programação dos filmes em cartaz